Tecnologia do Blogger.

terça-feira, 15 de novembro de 2016

Universal Century Locais

Esta é uma listagem com os locais que aparecem na linha do tempo da Universal Century.

A Terra


Apesar de uma grande porcentagem da população da Terra ter sido realocada ao espaço, ainda há pessoas vivendo nela. Esses remanescentes na Terra receberam a permissão de retornar ao planeta ou jamais o deixaram. Continua separada em sete continentes, sendo que cada um possui pelo menos uma localidade importante.

América do norte


  • A América do Norte, especificamente o Oeste americano, foi o alvo de uma colônia derrubada durante a Operação Stardust.
  • Los Angeles foi ocupada por Zeon durante a One Year War, a placa de Hollywood é visível pela residência luxuosa de Garma Zabi. O prefeito da cidade durante a guerra foi Joseph Eschonbach, que era o antigo candidato à presidência dos EUA. Sua filha, Icelina Eschonbach, era a noiva de Garma.
  • A Base Califórnia: Uma instalação naval massiva composta de 20 grandes bases na costa da Califórnia, a base foi a casa do maior estaleiro naval da Federação. Depois de Zeon a capturar na One Year War a fábrica foi reformulada para produzir submarinos para o Principado. A base foi recapturada pela Federação durante o último mês da guerra.
  • Nova Iorque (ニューヤーク Nyuu Yaaku): Ocorreu uma batalha intensa durante a One Year War, resultando na eliminação da frota Zeon Gaw e a morte de Garma Zabi. Garma na verdade faleceu próximo a Seattle, se seguirmos a história baseada no caminho da viagem ao invés do script. A White Base caiu do espaço próximo ao sudeste dos Estados Unidos e se dirigiu ao norte para a base de Zeon na Califórnia. Este é o mundo Gundam equivalente a Nova Iorque contemporânea do mundo real. Em japonês, Nova Iorque é escrito e pronunciado como ニューヨーク (Nyuu Yooku). Por conta disso, durante a Universal Century muitas vezes se encontra o nome transliterado como "New Yark".
  • Cheyenne, Wyoming: A casa de Amuro Ray em 0087 fica em Cheyenne no início do Zeta Gundam; ele trabalhou como instrutor nos arredores. No entando, os movimentos de Amuro estavam sendo monitorados de perto pela Federação, deixando-o em prisão domiciliar virtual até que ele escapa com Katz Kobayashi para se juntar à Karaba. Emma Sheen conhece Amuro em Cheyenne em 0085.
  • Hickory: Uma pequena base mantida pelo grupo de resistência Karaba, loalizada na Califórnia do Sul próximo a base da força aérea Vandenberg. A base Hickory possui uma antiquada embarcação lançadora HLV, cujos pilotos da AEUG ameaçaram utilizar para enviar seus últimos mobile suits de volta ao espaço.
  • Espaço porto Kennedy: Um antigo espaço porto localizado na cápsula Canaveral, na Flórida, próximo ao moderno Centro espacial Kennedy. Na época do conflito em Gryps Conflict, o espaço porto Kennedy Spaceport é o sítio do museu da guerra gerenciado pelo antigo membro da equipe técnica da White Base, Hayato Kobayashi. Esse museu serve como fachada para uma base secreta operada pelo grupo de resistência Karaba.
  • Base Augusta: A base das Forças Federativas aonde o RX-78NT1 Gundam foi desenvolvido. Ainda que estivesse localizada na América do Norte, a região ficou sob controle do Principado de Zeon durante maior parte da One Year War, as forças do Principado falharam em se dar conta da significância da pequena fábrica e a deixou escapar em um ataque do inimigo. Após a guerra, a base foi a pioneira em pesquisa de armamentos Newtype que foi continuada pelo Augusta Newtype Lab.
  • Laboratório de Pesquisa Oakland: O Laboratório de Pesquisa Newtype que enviou Buran Blutarch para perseguir as forças da AEUG e Karaba depois da queda de Jaburo durante o Conflito de Gryps.
  • Great Canyon: Marca registrada do sudoeste americano,  assim como o Grand Canyon. ´Nas proximidades está a cidade de St. Anges.
  • A casa de Amuro é localizada em algum ponto da costa do Pacífico. Algumas vezes é localizada entre Washington e Califórnia, ou na Colômbia Britânica.

América do Sul


  • Jaburo: O quartel general subterrâneo das Forças da Federação Terrestre. Durante a One Year War, Char Aznable tantou se infiltrar na base para repelir as Forças Federais. Durante a crise da Frota Delaz a Federação pensou que Zeon derrubaria a colônia ali. Duranto o Conflito de Gryps os Titans auto destruíram a base com uma bomba nuclear na esperança de acabar com a AEUG.

África


  • Base Kimberlite: Uma fortaleza de Zeon. Durante os primeiros dias da Operação Stardust, Anavel Gato buscou ajuda nessa fábrica enquanto escapava para o espaço. A base Kimberlite (Kimbareid) acobertou seu lançamento, depois se renderam à Federação.
  • Monte Kilimanjaro: Após abandonar Jaburo em U.C. 0087, os Titans mudaram seu quartel general terrestre para uma fpabrica recém construída em Kilimanjaro, enquanto a base em Nova Guinea era um ponto de transferência temporário. A base se tornou alvo da AEUG e Karaba mais tarde em 0087.
  • Dakar, Senegal: Casa da Assembleia da federação Terrestre durante a época do Conflito de Gryps. Seguindo do ataque em Kilimanjaro, o líder da AEUG, Quattro Bajeena escreveu para a Assembleia e denunciou os Titans para o mundo. A cidade foi atacada pelos remanescentes de Zeon em U.C. 0096.
  • Região Autônoma de Senegal: Parece que essa área se tornou uma região autônoma quando o governo da Federação unificou a República do Senegal logo após a Universal Century começar.
  • El Golea: Cidade desértica. Desert town. Uma base da AEUG está localizada aqui.
  • Ghardaia: Cidade desértica. Atacada pelo Fronte de Liberação Africano em U.C. 0088.

Ásia


  • O 08th Mobile Suit Team ocorreu nas selvas do sudeste da Ásia durante a One Year War. Ocasionalmente, os membros devem ter se encontrado em um deserto e uma cadeia de montanhas, presumindo da distância viajada pelos Mobile Suits.
  • Hong Kong, China - Lar da Luio Company, uma financiadora da organização Karaba durante o Conflito de Gryps. Os Titans enviaram um grande Psyco Gundam para batalhar na cidade e forçar as forças Karaba em torno de Auldhumla renderem-se.

      Em UC 0093, Hong Kong foi também um possível alvo de queda da Axis durante a operação do comandante Char Aznable da Third Neo Zeon.
        Pelo ano UC 203, foi renomeada como New Hong Kong.

  • Lahsa, Tibet: A capital da Federação Terrestre antes de ser destruída pela queda da Fifth Luna por Char Aznable da Neo Zeon.
  • Japão: Lar da Murasame Newtype Lab. Amuro conseguiu para Fraw Bow e seu filho um voo para o país durante o Conflito de Gryps.
  • Sodon: Uma pequena, cidade desértica onde Amuro Ray encontrou Ramba Ral.

Antártica


  • A Federação possuía uma base que foi invadida em dezembro U.C. 0079. As Forças Federativas ficaram aqui tempo o suficiente para que o RX-78NT-1 Gundam "Alex" fosse lançado ao espaço.

Europa


  • Odessa, Ucrânia: A base principal de Zeon durante a One Year War, sob o comando direto do Capitão M'Quve. Diversos recursos naturais estão nesta região. A Federação lançou seu maior ataque direto terrestre durante a guerra contra Odessa.
  • Belfast, Irlanda do Norte: Lar de um porto controlado pela Federação, a White Base atracou nela para reparos e suprimentos e continuou de Odessa para Jaburo. O esquadrão Mad Angler de Char Aznable implantou mobile suits anfíbios em um ataque à White Base, além de um espião civil a bordo da nave.
  • Dublin, Irlanda: O lugar para cair uma colônia, ordenada por Haman Khan para demonstrar seu poder durante a First Neo Zeon War, a AEUG e Karaba resgataram parte da população.
  • Largain: Cidade europeia a que também se referem como Vienna. Conquistada pela BESPA, foi transformada em sua base na Europa.
  • Uwig: Cidade europeia que também se refere a Prague. Completamente dizimada poor um bombardeio conduzido pela BESPA em U.C. 0153. Um lar para a elite da Terra.
  • Ponto Kasarelia: Localizada próximo a Uwig, esse esconderijo isolado foi o lar dos residentes ilegais Üso Ewin e Shakti Kareen. Üso escolheu seu nome que tem como origem uma língua do Pacífico Sul e significa "olá" ou "adeus".
  • Becheyne: A localidade de uma base aérea em ruínas que a equipe de Camion utilizou para decolar uma aeronave disfarçada como um transporte PCST, escapando do espaço-porto Largain.
  • Kolin: Localidade próximo a Uwig e Becheyne. Vista no mapa durante a apresentação de Duker Iq a Queen Maria.
  • Arti Gibraltar: Cidade centrada próximo ao operador de condução massiva pela PCST.
  • No episódio 12 de Victory Gundam, membros da Liga Militar atravessaram uma cidade sem nome da costa da Europa logo antes de chegarem em Arti Gibraltar. O centro da cidade está em ruínas que lembram quatro das espirais da Sagrada Família em Barcelona, na Espanha.



Depois da queda da colônia espacial na Austrália que ocorreu em 10 de janeiro de U.C. 0079.

Oceania


  • Sydney, Austrália: Essa cidade foi eliminada quando uma colônia espacial abandonada foi derrubada sem aviso. O impacto eliminou Sydney e 16% da Austrália.
  • Base Torrington: Uma base da Federação na Austrália. No dia 13 de outubro de U.C. 0083, remanescentes do Principado de Zeon atacaram a base e roubaram o RX-78GP02A Gundam da fábrica.
  • Adelaide: Uma grande cidade no sul da Austrália. Uma Assembleia da federação ocorreu neste local em U.C. 0105.
  • Alice Springs: Cidade neutra na zona central da Austrália ocupada por Zeon durante a One Year War. Foi retomada pelo White Dingo Team com o mínimo de danos as áreas civis depois de negociações com sucesso para que as forças de Zeon se retirassem.
  • Fortaleza Hughenden: Uma base do Principado de Zeon localizada no noroeste da Austrália. É a única base da Zeon no meio da Austrália com fábricas de lançamento espacial.
  • Nova Guinea: Uma base dos Titans foi estabelecida neste local, apesar de várias vezes ter servido principalmente como base para transferência do quartel general dos Titans de Jaburo para o novo em Kilimanjaro. A base da Nova Guinea providenciou suporte limitado durante o atentado a Sudori para recuperar a Auldhumla em Hong Kong.

Indeterminado


  • Underhook: Uma cidade debaixo d'agua. A equipe de reforço fez um reteste neste local após retornar do espaço, logo antes da Operação Earth-Cleansing, do esquadrão Motorad.

Colônias Espaciais

Conceito artístico do interior da colônia cilíndrica O'Neill "Island 3"

As colônias espaciais estão localizadas nos cinco pontos Lagrange Terra-Lua. Na maioria dos casos, os pontos Lagrange são a morada de um grupo de colônias. Um grupo de colônias que ocupam um ponto Lagrange são chamadas de Side. Como as vezes os Sides dividem o mesmo ponto, é possível haver dois Sides em órbitas próximas. Todas as colônias da Universal Century são do tipo cilindro O'Neill "Island 3", exceto pelas de tipo fechado em Side 3.
Os primeiros 50 anos da Universal Century foram passados construindo várias colônias e colocando-as nos pontos Lagrange, e também colonizando a Lua. A maioria das pessoas da Federação vivem nas colônias espaciais ou na Lua. Em U.C. 0051, a Federação congelou os planos para desenvolvimento de colônias espaciais adicionais, porém não as construções.

Side 1

Side 1 é chamada de Zahn, e é a Capital da Federação Terrestre no espaço. Este Side está localizado em L5, e foi um dos primeiros Sides que Zeon atacou durante a One Year War.

Colônias conhecidas em Side 1:

  • Shangri-La: Primeira colônia espacial em Side 1, lar de Judau Ashta e seus companheiros.
  • Londenion: O quartel general da força tática da Federação, Londo Bell.
  • Colony 30: Cena do infamo "Incidente da Colônia 30".
  • Ilha Blade: Uma das duas colônias sequestradas e em transferência pela Frota Cima Fleet em U.C. 0083.
  • Ilha Ease: Uma das duas colônias sequestradas e em transferência pela Frota Cima Fleet em U.C. 0083. Foi protegida pela Frota Delaz para fase dois da Operação Stardust e caiu no centro da América do Norte.
  • Ilha Round: Uma colônia "Ilha única" para propósitos de construção, localizada em Side 1. Em U.C. 0084, foi comprada da Colony Management Corporation e, em U.C. 0106, usada como quartel general da Crossbone Vanguard para a invasão ao Frontier Side.
  • Colônia Pia Albanian: A Rainha Maria Pia Armonia do Império Zanscare abriu um serviço de consulta aqui antes dos eventos de Mobile Suit Victory Gundam.

Side 2

Side 2 é chamado Hatte, e está localizado em L4. Este foi um dos primeiros Sides atacados por Zeon durante a One Year War. Uma das colônias foi sequestrada pelas forças de  Zeon e jogada na Terra, conhecida como Operação British. Durante os anos U.C. 0150, o Império Zanscare foi criado em Side 2 sob o nome da Rainha Maria Armonia.

Colônias conhecidas em Side 2:

  • Colônia 8 (Island Iffish): A colônia que foi apreendida de Side 2 para ser utilizada na Operação British.
  • Colônia 13: A colônia que recebeu uma mensagem codificada dizendo que as forças de Zeon estavam mobilizando. No entanto, a linha foi cortada antes da Federação conseguir ouvir que os militares de Zeon estariam começando seus ataques, e assim começando a One Year War.
  • 18th Block: Essa colônia foi atacada e destruída pela colônia laser Gryps.
  • 21st Block: Os Titans atacaram essa colônia com gás venenoso G3, matando todos dentro.
  • Amelia: Colônia lar do Império Zanscare. Essa colônia é a mais distante da lua durante a época.
  • Hellas: Quartel general de Zi Zeon (mais tarde chamado Metatron), eventualmente ocupada pelo Man-Hunting Attachment em U.C. 0203.

Side 3

Side 3 é localizada atrás da lua, em L2, e é conhecida Munzo. Side 3 foi o único Side a utilizar colônias "tipo fechado", permitindo que cada colônia abrigasse grandes populações.

Possivelmente o Side mais infamo de todos, Side 3 foi o lar de Zeon Zum Deikun, que inspirou a população de Side 3 a declarar guerra pela independência da Federação Terrestre. Depois da misteriosa morte de Zeon Deikum, a República de Zeon foi renomeada como Principado de Zeon pelo seu filho, Degwin Sodo Zabi. Sob uma regra militar do filho genocida de Degwin, Gihren, fez Side 3 declarar guerra mortal contra a Federação em U.C. 0079 sob a fachada da independência, conhecida como One Year War, na qual grande parte da população humana deixou de existir. Side 3 voltou a ter o nome de República de Zeon após o Principado ter sido derrotado, e recebeu colônias adicionais em U.C. 0082 e novamente em U.C. 0083 como parte do Projeto de Restauração das Colônias, para aliviar a superpopulação de Side 3. A República de Zeon eventualmente se juntou a Federação nos anos U.C. 0100s.

Nos anos U.C. 0120s, Side 3 continha uma região desolada chama Zebra Zone, onde os não militantes remanescentes de Neo Zeon permaneceram.

Colônias conhecidas em Side 3:

  • Cidade Zum: Colônia capital de Side 3, dizem que é em nome de Zeon Zum Deikun.
  • Mahal (Colônia 38): A população desta colônia foi evacuada, e o cilindro foi fisicamente alterado para se tornar um canhão de Raio Solar. Além disso, Mahal foi o lar da maior parte da Frota Cima - sua derrota no fim da Operação Stardust foi, em parte, por causa que perdeu sua casa.
  • Colony 9: Um memorial de serviço fora colocado aqui durante a One Year War.
  • Quintzem: Uma revolta anti Zabi ocorreu nessa colônia logo após o começo da One Year War, mas foi brutalmente silenciada.
  • Tigerbaum: Conhecida também como Colônia 24, é uma colônia neutra modelada depois de Hong Kong do século 20.
  • Core 3: Uma colônia dada à Haman Karn pela Federação Terrestre durante a First Neo Zeon War para servir como base para as operações. É o sítio da batalha final da guerra civil entre as forças de Haman e Glemy Toto, durante isso a colônia foi destruída quando os asteroides Axis e Moussa colidiram com ela.

Side 4

Side 4 é conhecido como e é localizado em L5. Side 4 foram as primeiras colônias atacadas por Zeon durante a One Year War. Como resultado desses ataques, se desenvolveu uma zona baixa, rotulado como Thunderbolt Sector, por conta das frequentes descargas elétricas que ocorreram. Durante a reorganização dos Sides em U.C. 0084, Side 4 foi movida para L1.

Side 4 foi eventualmente reconstruida no Frontier Side durante os anos U.C. 0120.

Colônias conhecidas em Side 4:

  • Frontier I: A primeira colônia do Frontier Side. Se tornou um refúgio para os teste da nave da Federação, Space Ark durante U.C. 0123, quando Crossbone Vanguard o invadiu. Mais tarde a Crossbone Vanguard fez teste de campo com suas armas Bug e mataram vários civis.
  • Frontier II: A Crossbone Vanguard atacou a frota da Federação próximo a esta colônia.
  • Frontier IV: A primeira colônia a ser atacada pela Crossbone Vanguard. Ela foi tomada e renomeada como Cosmo Babylonia como capital da nova nação aristocrática da família Ronah.
  • New Manhattan: Quartel general de um grupo de resistência Illuminati.

Side 5


Side 5 é conhecido como Loum, e localizada em L1. Durante a One Year War, o Side se tornou um campo de batalha quando Zeon tentou capturar uma colônia e derrubá-la na Terra. Quando a Federação chegou e interveio, uma batalha massiva por Side 5 começou entre General Revil e a sua frota, 1st Combined Fleet e a Força de ataque de Zeon, liderada por Dozle. Devido à implantação dos mobile suits, Zeon eventualmente ganhou a batalha, mas com um altíssimo preço. A batalha ficou conhecida na história da Universal Century como Batalha de Loum. No fim da One Year War essa área ficou conhecida como zona de cardume, desordenada com restos de colônias e naves de batalha. Durantea reorganização dos Sides em U.C. 0084, Side 5 foi movida para o L4.

Colônias conhecidas em Side 5:

  • Watohoat: Essa colônia foi selecionada por Zeon como alvo para uma segunda derrubada de colônia. Foi completamente destruída durante a Batalha de Loum.
  • Texas: A única colônia que sobrou em Side 5 após a Batalha de Loum. Foi planejada para propósitos de agricultura e turismo, mas a guerra dixou seus espelhos refletores com mal funcionamento e ela foi abandonada. Foi tomada por Shu Yashima antes do fim da guerra. A batalha entre o grupo militante anti-Federação, Colorde, e a as Forças Arahas da Federação Terrestre aconteceram neste local em U.C. 0090.
  • Industrial 7: E uma colônia tipo fechada e administrada pela Anaheim Electronics. Aproximadamente dois milhões de pessoas vivem nessa colônia, metade sendo a equipe da AE e seus familiares. seu porto e fábrica bloqueados são locados no lado da Terra, com a unidade construtora de colônias, Rokuro, virada para o lado da lua.

Side 6


Side 6 é conhecido como Riah, e está alocado em L4. Side 6 declarou autonomia da Federação Terrestre em abril de U.C. 0077, adotando o nome de República Riah. Side declarou neutralidade nas primeiras semanas da One Year War, e lidava com a maioria dos grandes conflitos. Foi alvo de um ataque nuclear de Zeon durante a guerra depois da base R&D da Federação ser descoberta no local, porém as frotas da Federação foram resgatadas. (Gundam 0080). Foi anexada pela Federação Terrestre depois da guerra de um ano. Durante a reorganização dos Sides em U.C. 0084, Side 6 foi movida para o L5.

Colônias conhecidas em Side 6:

  • Libot: Essa colônia continha a base R&D da Federação. Foi atacada no fim de dezembro de U.C. 0079 pelo grupo de elite de Zeon, Cyclops Team, e mais tarde alvo de um ataque nuclear em 26 de dezembro. Por sorte, a colônia foi salva quando as forças da Federação conseguiram interceptar com sucesso a frota de Zeon.
  • Baldur Bay: Essa é a colônia onde o cargueiro de assalto da classe Pegasus-class, White Base, atracou depois de deixar a Terra. Depois de Baldur Bay deixar a White Base comprometida e destruir toda a frota Conscon. A batalha foi televiionada pelos jornais televisivos para toda a Esfera Terreste, e moldou a atmosfera política para que ficasse a favor da Federação.

Side 7


Side 7 é conhecido como Noa, e está localizado em L3. No momento desta introdução do original Mobile Suit Gundam, Side 7 consiste de uma única, colônia espacial incompleta que foi a casa da base R&D da Federação, envolvida com a Project V. Esse Side se tornou famoso no dia 18 de setembro de U.C. 0079, quando a White Base e seu protótipo de mobile suit, o RX-78-2 Gundam com sucesso defendeu um ataque dos mobile suits de Zeon, e isso marcou a primeira batalha gravada entre mobile suits.

Colônias conhecidas em Side 7:

  • Green Noa 1: Primeira colônia espacial de Side 7. A colônia foi originalmente batizada de Side 7, pois era a única completa durante a One Year War. Também foi a casa da fábrica secreta de desenvolvimento de mobile para a Federação Terrestre. As forças do Principado de Zeon atacaram essa colônia no dia 18 de setembro de U.C. 0079, resultando num dano grave ao cilindro da colônia. A colônia foi renomeada como Green Noa 1 depois de outra ter sido construída.
  • Green Noa 2: A segunda colônia de Side 7. Foi adicionada ao aglomerado em U.C. 0085, e se tornou o quartel general dos Titans no espaço, e a mais avançada base militar da Esfera Terrestre na época. Green Noa 2 foi renomeada como Gryps em U.C. 0087, e a outra como Gryps 1. Gryps 2 foi onde mais tarde foi construída a Colônia Laser, no início de U.C. 0088, e se tornou palco de uma batalha entre Titans, AEUG, e Zeon Axis Zeon, todos tentando tomar o controle dela.

Side 8


Side 8 foi adicionada mais tarde à linha do tempo da Universal Century; sua primeira aparição na série foi apenas em U.C. 0223. Este Side é agrícola e está localizado em L1.

  • Gaea: A única colônia conhecida em Side 8, Gaea possui um laboratório de pesquisa intenso de agricultura e apareceu principalmente no filme G-Saviour. Essa colônia foi danificada durante o ataque militar pelas forças do Congresso de Nações do Acrodo (Congress of Settlement Nations (CONSENT)).

Colônias adicionais


  • Moon Moon: Uma colônia perdido do tipo "Island One", casa de um grupo primitivo de moradores espaciais. Vista em Mobile Suit Gundam ZZ.
  • Sweetwater: Sweetwater foi criada através da combinação de uma Island 3 tipo aberto com uma colônia tipo fechado, como lugar para refugiados da One Year War, Gryps Conflict, e First Neo Zeon War. Em U.C. 0090s, Char Aznable utilizou a colônia como base para seu Movimento Neo Zeon contra a Federação Terrestre.
  • Laplace: Uma colônias do tipoA Stanford Torus, usada como residência oficial do primeiro ministro da Federação Terrestre. Destruída em U.C. 0001.
  • Hiland: Um satélite de bateria solar com 15x200 km, cuja energia é enviada para Ásia. Duas famílias que residiam no local entraram na Liga Militar durante a guerra de Zanscare.

The Moon


  • Von Braun: A primeira e maior cidade da lua, nomeada com o nome do cientista alemão de foguetes. Foi construída no sítio de Apollo 11 e é uma cidade industrial especializada na manufatura de equipamento pesado. Era controlada pela Federação Terrestre durante a One Year War e mais tarde foi o lar da filial da Anaheim Electronics, onde o protótipo dos programas de mobile suit para o Gundam Development Project foram desenvolvidos em U.C. 0083. É dito que qualquer um que controle Von Braun, controla a lua. A Albion atracou em Von Braun a perseguição à Frota Delaz em novembro de U.C. 0083. Em U.C. 0087, os Titans lançaram a Operação Apollo, forçando sua entrada na cidade para forçar a AEUG a sair. Devido a razões econômicas, a cidade permaneceu neutra na maior parte das guerras e forneceu armas as mais variadas facções por toda a Universal Century, apesar de ser controlada pela Federação Terrestre.
  • Granada: Uma fortaleza de Zeon durante a One Year War. A Federação concordou em se reunir com os representantes de Zeon em janeiro de U.C. 0080 depois de ouvir rumores de que a frota de Zeon talvez estivesse no local. O time de elite de Zeon, Cyclops, também formaram base no local antes de partir para Side 6 para começar a Operação Rubicon. Também serviu de quartel general para a AEUG durante U.C. 0087.
  • Aires City: Uma das mais antigas bases lunares desenvolvidas. Apoiada pelos rebeldes New Desides durante U.C. 0088.
  • Amman: Lar do escritório filial da Anaheim Electronics. As forças da AEUG receberam suporte do local quando os Titans estavam espreitando Granada. A cidade foi bombardeada e destruída pela barragem de mísseis dos Titans que as forças da AEUG já haviam utilizado para a Operação Jaburo Drop.
  • Anaheim: Apesar das fábricas principais de mobile suits da Anaheim Electronics estarem localizadas em Granada e Von Braun, a companhia agora mantém um quartel general na cidade lunar homônima de Anaheim. O cruzeiro Alexandria dos Titans visitou a cidade para coletar o complemento para os mobile suits RMS-108 Marasai.
  • Technetium: Cidade lunar fortemente envolvida no desenvolvimento de mobile suits da Liga Militar.
  • Neo Cartagena: Uma cidade lunar onde são projetados e desenvolvidos os mobile armors experimentais do Império Zanscare.

Asteroides

Luna II

Um antigo asteroide de mineração, originalmente conhecida como Juno, foi utilizado para a construção das colônias espaciais. Mais tarde se tornou o quartel general da base naval e área de preparação das Forças da Federação Terrestre em U.C. 0060. Em U.C. 0070, a base foi movida para L3 para ajudar na construção do novo Side 7. Durante a One Year War, o asteroide se tornou a última base da Federação no espaço. Este status fez dela um alvo tentador para os ataques feitos pelos simpatizantes pró-espaço. Char invandiu partes dela durante a guerra Second Neo Zeon. Quase todas estavam dentro sobreviveram ao ataque; tudo mais precisou ser preparado em um momento em U.C. 0094. Luna II foi mais tarde reconstruída e melhorada e permaneceu como quartel general espacial da Federação Terrestre.

Solomon (Ilha Konpei)

Um dos três asteroides que o Principado de Zeon utilizou como ponto de parada. used as staging points. It is located at L5. No dia 24 de dezembro de U.C. 0079, uma batalha massiva ocorreu aqui, resultando na morte de Dozle Zabi. Ainda, a Força Espacial da Federação Terrestre utilizou o protótipo de sua arma de destruição - o Solar System - durante a batalha contra Zeon. Pouco depois, a Federação renomeou a base capturada com o nome de Konpei Island. Em U.C. 0083, o Ás de Zeon, Anavel Gato utilizou o RX-78GP02 Gundam Physalis para atacar a expedição naval em Konpei com uma ogiva nuclear MK-82, destruindo e incapacitando 1/3 das forças navais da Federação que participavam. No entanto, continuou existindo uma base espacial principal após a Operação Stardust, rivalizando com Luna II.

A Baoa Qu (Portão de Zedan)

Um dos três asteroides que Zeon usou como ponto de parada. No ultimo dia de U.C. 0079 uma batalha massiva ocorreu neste lugar, resultando na morte de Gihren Zabi e Kycilia Zabi. A Zeon se rendeu logo após. Mais tarde, a República de Zeon transferiu A Baoa Qu para os Titans, que a renomearam como Portão de Zedan e utilizou como quartel general até seu empurrado e danificado pelo ainda maior asteroide, Axis, duranto o Conflito de Gryps. Após a guerra, a Federação reconstruiu e essa se tornou a base que rivalizava com Luna 2.

Pezun

Um dos três asteroides que o Principado de Zeon utilizou como pontos de parada durante a One Year War. Durante a guerra, Zeon moveu o asteroide Pezun para L4, entre os Sides 2 e 5, para guardar e flanquear como uma imagem de espelho de Solomon. Após a guerra, foi capturado pela Federação Terrestre e se tornou o lar da base dos Corpo de Instrutores de Mobile Suit dos Titans. Quando a Federação fechou os Titans em U.C. 0088, o Corpo de Instrutores tomou Pezun em um golpe militar, declarando a si mesmos como os New Desides. Após diversos dias de combate incisivo, a força tática Federação foi enviada para oprimir a rebelião, acabando com a base Pezun em março de U.C. 0088.

Axis

Uma colônia de grande mineiração que servia como caminho para a Frota de Energia Júpiter. Em U.C. 0080, depois do término da One Year War, se tornou lar de 30 mil ex-políticos refugiados de Zeon. Foi movida para a Terra em U.C. 0088 e serviu de quartel general para Axis Zeon/Neo Zeon sob liderança de Haman Karn, que brevemente foi ocupada pelas forças rebeldes de Glemy Toto. Seguido da First Neo Zeon War, a Federação Terrestre tomou controle da Axis, mas logo após — em U.C. 0093 — a vendeu para Char Aznable da Neo Zeon em troca da rendição de Neo Zeon depois da Second Neo Zeon War. Ao invés de se renderem, Aznable tomou controle do asteroide e ameçõu derrubá-lo na Terra na esperança de congelá-la e forçar a população a migrar para o espaço. Londo Bell se uniu a Neo Zeon na órbita da Terra e planejou dividí-lo em duas partes com o uso de explosivos internos. Apesar de terem conseguido dividir o asteroide, isso fez com que houvèsse um efeito de desaceleração. Foi interceptado por Amuro Ray no seu RX-93 Nu Gundam, que conseguiu cessar a queda.

Moussa

Um pequeno, asteroide esférico anexado à base asteroide Axis. Moussa provém aos denizens de Axis com sustento extra no espaço, fábricas de manufatura e blocos residênciais rotativos de um quilômetro de diâmetro, que produz gravidade artificial com a força centrífuga. Esse asteroide pode ser desanexado de Axis em caso de emergência. Ele foi desanexado e empurrado para Core 3 durante a First Neo Zeon War.

Fifth Luna

Um asteroide de mineração que foi protegido pelas forças Neo Zeon de Char Aznable e depois jogado em Lhasa, no Tibete.

 

Além da Esfera Terrestre

Enquanto a humanidade repetidamente teve colonização próxima a Esfera Terrestre, muito pouco se sabe sobre eles e quantos são. A Federação Terrestre aparenta ter leve influência fora da Esfera Terrestre, dando as colonizações extra-planetares próximas quase completa autonomia.

Marte

Marte aparece como um local na série de mangá Gundam F90. Depois da One Year War, uma parcela da frota de Zeon que escapou da esfera terrestre não foi para Axis; ao invés, estabilizaram sua nova base de operações em Marte. Mais tarde aceitariam refugiados do movimento da Segunda Neo Zeon, mas fariam o próprio, sem divulgar nem se envolver, até que iniciariam um conflito com a Federação Terrestre em U.C. 0120. Durante esse tempo foi revelado que o grupo Mars Zeon, como se chamavam, haviam se convertido Olympus Mons num gigante canhão de raios.

Marte também aparece em Advance of Zeta Re-Boot: Gundam Inle. Mostra o remanecente de Neo Zeon, "Re-Zeon", em Marte, entre o Primeiro e Segundo conflitos de Neo Zeon.

Jupiter


O gigante planeta de gás é uma fonte de Helium-3, elemento crítico para a fusão Minovsky. A Frota de Energia Júpiter viaja entre a Terra e Júpiter para coletar o Helium-3, mas pouco se sabe sobre a vida próxima ao planeta durante a era One Year War. Paptimus Scirocco comanda so cargueiros da frota, o Jupitris, e o grande tempo que passa em Jupiter faz com que alguns Titans nascidos na Terra o vejam mais como um "alien" do que os companheiros espaçonoides, o chamando depreacivativament de "O Homem de Júpiter".

Em U.C. 0133, o Império Júpiter cujo membros faziam parte da frota de energia; planejava conquistar a Terra, mas seus planos foram impedidos pela Crossbone Vanguard. Três anos depois, o Império Júpiter tenta atacar a Terra com uma colônia laser próxima a Júpiter, porém esse plano também foi interrompido.

Os Jovians, em sua maioria, vivem em colônias cilindro modelo O'Neil, similar às da Esfera Terrestre. No entanto, essas colônias nem sempre geram força significativa de gravidade artificial, um fato que pode ser muito desconcertante para os não-Jovians. Uma marca expressiva na Esfera Jupiteriana é a série de cilindros fechados O'Neil conectados em formato de hélice. Outros habitats são feitos em asteroides, e há uma base na lua vulcânica, Io.

O Império Jupiteriano também usou um ateroide de mineração e recursos durante viagens de ida e volta pela Esfera Terrestre. Esse asteroide sempre orbita em algum ponto entre a Terra e Jupiter, e é chamado de Neverland pela única família que vive ali. O Império pegou o comando a força em U.C. 0123.

Além da Órbita de Júpiter

Em Crossbone Gundam: Ghost, o projeto de pesquisa da Fundação Argos Odyssey de Jupiter intercepta um carqueiro abandonado da Crossbone Vanguard nas proximidades de Saturno. O mesmo projeto também visitou Urano e Netuno.
←  Anterior Proxima  → Inicio

0 comentários:

Postar um comentário

Seguidores

Total de visualizações