Tecnologia do Blogger.

terça-feira, 19 de dezembro de 2017

Bright Noa

Bright Noa (ブライト・ノア Buraito Noa) e um personagem da linha do tempo da Universal Century. No anime de Mobile Suit Gundam é mencionado que ele é de Hong Kong e em alguns materiais ele é listado como britânico. No entanto, como o anime foi produzido antes do acordo de 1983 que devolvia a cidade à China, não fica claro se Bright Noa é inglês ou de Hong Kong. No início de Mobile Suit Gundam, Bright é um oficial candidato sem comissão das Forças Espaciais Federatuvasm mas toma o comando dos maiores escalões dos sobreviventes militares. Ele comanda a White Base, o cargueiro Temptation, a Argama da AEUG e a Nahel Argama (apesar de jamais ter comandado o último), a frota inteira da AEUG (após a morte de Blex Forer), e a Ra Cailum da Londo Bell.


Aparições
Anime: MSGUC RE0096: Primeira aparição no episódio #10;
MSG: Episódio #1 - #43;
MSZG: Episódio #1 - #50;
MSG-ZZ
Manga: MSG-O;
MSG 0079;
MSZG Define;
UC-BD;
Mobile Suit Gundam UC: The Man Who Could Not Ride the Rainbow
Foto Novela: Mobile Suit Gundam: Char's Counterattack - Beltorchika's Children;
Mobile Suit Gundam Unicorn (Novel);
Mobile Suit Gundam: Hathaway's Flash
Filme: Mobile Suit Gundam: Char's Counterattack

OVA: MSG-UC: Episódio #4 - #7
Dubladores: Hirotaka Suzuoki Icon (MSG / MSG-CC);
Ken Narita (MSG-UC);
Perfil
Tipo Genético: Oldtype
Altura: 175 cm
Peso: 67.13 kg
Cor dos Cabelos: Verde Escuro
Cor dos Olhos: Pretos
Idade: 19 (MSG);
27 (MSZG);
28 (MSZGZ);
33 (MSG-CC);
36 (MSG-UC);
45 (Hathaway's Flash)
Nascimento: 0060 (U.C.)
Gênero: Masculino
Família: Mirai Noa (esposa);
Hathaway Noa (filho);
Cheimin Noa (filha)
Interesses amorosos: Mirai Noa
Nacionalidade: Terra
Afiliação: Federação Terrestre;
Londo Bell Icon;
Anti Earth Union Group Icon
Ocupação: Capitão da White Base (0079);
Capitão da  Temptation (008?-0087);
Capitão da Argama (0087-0088);
Comandante da Frota da AEUG (após morte de Blex);
Líder das Forças Táticas de Londo Bell (0093).
Rank: Bandeira/Tenente da Grade Junior (MSG);
Comandante Tenente (MSZG);
Capitão (MSZG / MSG-CC)

Mobile Weapons:  Med;
Petite Mobile Suit;
Temptation-class
Cargueiros Comandados: Argama-class;
Ra Cailum;
SCV-70 White Base
Cargueiros Tripulados: Argama-class

Personagem


Bright é um soldado leal e dedicado tanto em guerra quanto em paz. Ele reforça a disciplina militar e regulamentos, mas ele nunca hesitou em fazer escolhas corretas e morais pelo bem de todos, mesmo que precisasse desobedecer seus superiores. Como oficial mais experiente a bordo da White Base, cuja equipe consiste em sua maioria de jovens na média de 17 anos de idade, durante a maior parte de Mobile Suit Gundam, ele fez o papel da figura paterna diante do grupo. O principal exemplo de manutenção da disciplina e de tomada de decisões pelo bem de todos foi quando bateu no protagonista Amuro por sua insubordinação. Bright não se importa de usar a força física para disciplinar os membros que agem desobedientemente; ele bateu em Kai Shiden uma vez na plataforma por ser orgulhoso e desagradável e fez o mesmo com Amuro após o piloto Gundam se recusar a lutar, mesmo sabendo que seu conhecimento e sua obrigação em manter a segurança da White Base, sua equipe e a própria. Ele mostrou sua personalidade em Zeta Gundam quando derrotou a AEUG após perder a última esperança na corrupta Federação Terrestre, e novamente quando decidiu agir durante o encontro com a Londo Bell-Neo Zeon em Char's Counterattack. É considerado o mais experiente comandante de campo em uma guerra de mobile suit, contando com táticas padrões e táticas que se provaram mais que atos de bravura. Sempre recebe equipamentos militares pessoais e pessoas sobre seu comando que são de alto nível como Amuro Ray, Char Aznable, e Kamille Bidan, mas ele também provou que pode servir em condições desfavoráveis como no começo de Mobile Suit Gundam e em Mobile Suit Gundam ZZ.

Apesar de Bright não ser um Newtype, ele teve algumas experiências de "escutar" pedidos de Amuro Ray ao fim da One Year War, e também como sentir afinidade com qualidades e sentimentos com os parecidos com Amuro, como Kamille Bidan em Zeta Gundam. Muitos consideram que Bright é um dos comandantes de campo de maior sucesso na linha do tempo UC de Gundam, pois ele liderou naves e frotas vitoriosas na One Year War, na The AEUG-Titans/Gryps War, na The First Neo Zeon War, e na The Second Neo Zeon War.

História


One Year War


Bright Noa é um jovem estandarte de 19 anos e serve na White Base como oficial júnior. Quando ele chega para a seu serviço, o Tenente Chefe Ray mostra a Bright uma foto de seu filho, Amuro. Quando Char Aznable ataca Side 7 após descobrir o secreto V Project, Amuro entra no Gundam e tenta lutar contra os Zakus, enquanto Bright recebe as pessoas que estão evacuando a colônia para a White Base. Ele eventualmente se dá conta de que Amuro (quem ele ainda não havia conhecido) é o único candidato vivo a pilotar o Gundam.

Devido ao ataque surpresa, todos os oficiais originais da White Base foram mortos ou incapacitados. O Capitão Paolo Cassius, apesar de vivo, estava gravemente ferido e não apto para o comando. Por conta disso a responsabilidade para a fuga da nave dicou sob a responsabilidade do jovem Bright, que imediatamente agiu, levando consigo uma boa tripulação de sobreviventes civis refugiados para dirigir a nave. Junto aos civis estava uma mulher chamada Mirai Yashima que era uma experiente piloto, fazendo com que ele a escolhesse como navegadora. Quando Bright e o Capitão finalmente contactam Amuro, Bright fica decepcionado com o fato de que o piloto era apenas uma criança e pronto para removê-lo, quando Capitão Paolo pontuou que não haveria ninguém para ficar no lugar dele. Então, mesmo relutante, Bright permitiu que Amuro pilotasse o Gundam por um tempo.

Com a guerra acontecendo, o grupo de jovens civis inexperientes foram crescendo juntos militarmente e desenvolveram uma coesão natural como militares e como família. Cada batalha os testava e os faziam mais próximos. No começo, graças à tecnologia super avançada da White Base e do Gundam (juntamente com uma espécie de sorte) permitiu que a equipe sobrevivesse. Mas com o progresso da guerra, com as consecutivas vitórias da White Base, acabaram se tornando um poderoso adversário para os inimigos. Apelidada de Cavalo de Tróia pelas forças de Zeon, Bright e a White Base desenvolveram grande reputação militar. Isso graças a lendária reputação de que as por conta da liderança da Federação que decidiu usar naves como grande chamariz em suas operações. A equipe desenvolveu téncicas em pouco tempo e os líderes da Federação decidiram mantê-los juntos ao invés de enviar um grupo de veteranos militares para cuidar. Bright é promovido a Tenente Junior por provar sua liderança efetiva e Mirai foi aceita nas Forças Militares da Federação e recebeu automaticamente o título de oficial comissionado como estandarte, fazendo dela a Primeira Oficial da nave e a segunda no comando. Bright se aconselha fortemente com Mirai durante os momentos de decisões difíceis e juntos formam um forte núcleo militar na nave, além disso, representam a figura de um pai e de uma mãe para a jovem equipe.

Bright continua como capitão da White Base durante os eventos da One Year War, participando das opeções principais, incluindo a última batalha de Zeon na fortaleza asteroide A Baoa Qu.

Após a guerra, Bright se casa com a navegadora Mirai Yashima, e os dois tem dois filhos juntos, Cheimin e Hathaway.

Gryps Conflict


Bright (27 anos) em Mobile Suit Zeta Gundam: A New Translation

Após a One Year War, Bright, assim como seus companheiros a bordo da White Base, foi alienado pelo Alto Comando das Forças Espaciais Federativas da Terra. Ele foi promovido como Comandante Tenente e colocado como capitão na nave espacial cargueiro Temptation, cujas primeiras missões foram acompanhas o alto escalão de oficiais da Federação Terrestre.

Bright foi deserdado para a AEUG para ajudá-los na luta contra os Titans após ter sido espancado por oficiais dos Titans, incluindo o próprio Bask Om, quando ele se opôs a obedecer ordens não éticas. Considerando sua experiência e guerras com mobile suit e como capitão da White Base durante a One Year War, AEUG comissionou Bright com o título de capitão e deu a ele o comando do cargueiro de assalto espacial Argama, que era a marca e a joia da coroa da frota da AEUG.

Bright Noa trabalhou junto de seu antigo adversário, Char Aznable, e juntos formaram a liderança central de Argama. Com suas experiências de batalha combinadas e a experiência com mobile suits, eles realmente se tornaram uma força reconhecida por não pegar leve. Após o assassinato do Comodoro Blex, Char se tornou o líder idealista da AEUG, mas foi Bright que tomou o comando das forças militares. Como capitão da nave de batalha da AEUG, Bright assumi o comando de toda a frota da AEUG e efetivamente os lidera em todas as grandes batalhas.

Diversos são destaques de Bright durante seu dever como capitão da Argama, incluindo o ataque aos Quarteirões da Federação  em Jaburo e Kilimanjaro, a Operação Maelstrom, e a batalha final de três frentes entre a AEUG, Titans, e Axis Zeon próximas a colônia espacial Gryps Two. Após a batalha climática em Gryps Two, e a frota da AEUG foi deixada enfraquecida e Bright foi o único comandante militar experiente nas fileiras dos líderes da AEUG.

First Neo Zeon War

Bright (28) em Mobile Suit Gundam ZZ

Ele continuou a comandar a Argama durante ZZ Gundam. Após levar a Argama à colônia de Shangri-Lapara reparar Argama e levar Kamille ao hospital, ele e sua equipe foram atacados por um antigo companheiro chamado Yazan que estava sendo ajudado por Judau Ashta e seus amigos. Enquanto Judau tanta roubar o Zeta Gundam, quando estava pronto para fazer seu movimento, Bright o comparou com Kamille e Amuro. Eventualmente Yazan revelou seus verdadeiros interesses, Judau no Zeta Gundam o derrota e parte antes que Bright pudesse perguntar seu nome. Enquanto em Shangri-La, Bright precisa lidar com múltiplos ataques das tropas Mashymre Cello e os atentados de Judau em roubar o Zeta Gundam, mas todos os encontros acabam derrotando as forças de Neo Zeon e retornando ao Zeta Gundam. Devido às habilidades de Judau, Bright acredita que ele possa ser uma grande ajuda à AEUG, e deveria enviar o Zeta Gundam para ele para que ele pudesse treinar e se juntar à Argama. Ele obtém sucesso e Judau com todos os seus amigos se juntam à Argama. Logo depois Roux Louka se juntaria à Argama, como uma ligação à La Vie en Rose, para suprimentos. Após sofrer com as forças Mashymre, a Argama com sucesso deixa Shangri-La. Após se encaicar em La Vie en Rose, ele encontra seu antigo amigo Emary Ounce que dá a Judau o ZZ Gundam e melhora a Argama para que ela tenha o Hyper Mega Particle Cannon. Após Fa deixar AEUG, ele cria um time de Gundam que consiste de Judau e seus amigos, que pilotam o ZZ Gundam, Zeta Gundam, Gundam Mk-II, o reconstruído Hyaku Shiki e o Mega Rider. Durante o programa ele tenta treinar o time Gundam para que se tornem verdadeiros soldados. Apesar de sua amiga Emary se apaixona e por ele e de ser muito atrativa, Bright permanece leal a sua família. Em uma missão em Dublin, ele encontra Fa e Kamille mais uma vez. Quando descobre que Haman planeja derrubar outra colônia, a Argama e Karaba, conseguem resgatar uma parte da população de Dublin com o preço de destruir a maior parte das forças Karaba e danificar fortemente a Argama. Ele e o time Gundam voltam para La Vie en Rose, para pegar a Nahel Argama. Bright apesar de ser o capitão da nave, foi separado dela em combate e ele com Shita e Qum retornam a La Vie en Rose. Mais tarde encontra Sayla Mass e Leina Ashta, e discutem sobre os pensamentos e possíveis planos de Char. Ele e o restante das forças AEUG mais tarde chegariam em Core 3 para cobrir a equipe de Nahel Argama, mas apenas encontram uma batalha acabada. Mais tarde confrontou Judau que estava sentimental e deixou que batesse nele. Mais tarde viu Judau e Roux indo para a Frota Jupiter. Depois de Axis Zeon ser derrotada, as forças da AEUG foram integradas de volta a Federação Terrestre, e Bright foi reintegrado como oficial com o título de Capitão.

Second Neo Zeon War


Bright (33) em Mobile Suit Gundam: Char's Counterattack

Mais tarde ele foi comandante oficial da Força Tática Londo Bell, como visto no filme Char's Counterattack. Ele se reuniu com seu antigo subordinado Amuro Ray. Eles tiveram momentos críticos durante os eventos do filme quando encontraram e lutaram com a crescente facção de Char Aznable, Neo Zeon, pela última vez.

Third Neo Zeon War


Bright (36) em Mobile Suit Gundam Unicorn

Em UC 0096, Bright Noa aparece em Mobile Suit Gundam Unicorn onde continua como oficial comandante do corpo da Londo Bell. Sua nave, a Ra Cailum, foi equipada com o Minovsky Craft System, permitindo que operasse na Terra e no espaço. Bright está presente na Batalha de Dakar aonde um mobile armor de Zeon devasta a cidade. Ele é enviado por Ronan Marcenas para proteger e destruir Garencieres, aonde se encontra a chave da Caixa Laplace. Bright vê o trabalho como um pedido pessoal. Ronan também pede para que Bright leve seu filho, Riddhe, a bordo da nave com seu Delta Plus. Após a reunião, Riddhe pede para que não tenha tratamento especial, e Bright deixa claro que ele não terá. Quando Riddhe se vira para olhar uma foto de Amuro, Bright recebe ligação de que Garencieres foi movida.

A Ra Calium se desloca a Torrington para repelir os remanescentes do ataque de Zeon na cidade e na base militar. Mais tarde ele testemunhou o Unicorn Gundam se transformando no Destroy Mode e batalhando contra Shamblo. Depois da batalha acabar, Bright ordena a Riddhe que tome o Gundam de custódia. No entanto, a Fundação Vist envia seu RX-0 Unicorn Gundam 02 Banshee, que rapidamente captura o Unicorn.

Os três suits são levados à bordo de Ra Calium, enquanto ao mesmo tempo a nave é ocupada por membros da Fundação Vist, agitando a equipe. Bright acalma sua equipe, lembrando-os que ainda servem ao General Staff HQ e que deveriam considerar as pessoas da Fundação como parte deles. Apesar das cinrcunstâncias da operação mudarem, Bright deixa claro que sua missão era de derrubar Garencieres.

Ao sair da sala de informações, Meran o informa que os suprimentos entregues a Garuda são adequados para a realeza. Ele então visita Banagher Links, o piloto do Unicorn em sua cela e amigavelmente o questiona. Banagher lamenta que ninguém encontrou as coordenadas para a Caixa Laplace, "aquele lugar" se tornaria um campo de batalha e mais pessoas como Loni morreriam. Bright pergunta de Banagher escapou de Garencieres, mas ele diz que o grupo simplesmente o deixou ir, e que Zinnerman estava descontente coma operação. Bright concorda baseado nos movimentos da nave, e pergunta se ele recebeu liberdade apesar de ser um prisioneiro técnico. Banagher diz que ele nunca pensou em Zeon como inimigo, pois ele era um civil e não um soldado para distinguir amigo de inimigo. Quando Bright parte, diz a Banagher para não desistir pois ele era forte, apesar de ele dizer que foi má sorte encontrar o Unicorn. Bright fala que talvez tenha sido pura sorte, mas que essas foram as circunstâncias de todos os pilotos Gundam antes dele, e que ele escolheu pilotar o Gundam por ele mesmo. Ele pergunta o que motivou Banagher a pilotar o suit, e ele diz que era porque queria ajudar uma pessoa: Mineva Lao Zabi.

Bright e Meran então vão a um terminal privado e entram em contato com Beltorchika Irma, que confirma que o General Revil havia sido implantado em uma missão secreta por General Staff HQ. Bright suspeita que eles miravam em Nahel Argama, e que sua equipe tinha conhecimento da Caixa Laplace. Beltorchika pergunta se devem avisar a Nahel Argama, porque não teriam chance contra General Revil. Bright então fala que precisam entrar em contato com Garencieres e que Kai Shiden negocie um plano para salvar Mineva de Garuda e colocar o Unicorn longe da Fundação.

Com a equipe preparada para transferir o Unicorn para Garuda, Banagher foge dos guardas de Vist e tenta conversar com Riddhe. Bright pega ele e enquanto os Tri-Stars ocupam a guarda, ele irforma seu plano a Banagher.

Como os Tri-Stars, o Banshee e Riddhe/Delta Plus tomam seu caminho à Garuda, o cargueiro de assalto dos Garencieres. A Ra Calium tenta alertar, mas Meran os para, lembrando que todos devem se focar em suas missões. Bright e todos testemunham o psychofield gerado pelo Unicorn permitindo a Garencieres a entrar em órbita com a Nahel Argama.

Como a Ra Calium vai ao espaço para se encontrar com Nahel Argama, Bright é repreendido por Martha Vist Carbine por deixar o Unicorn cair nas mãos de Sleeves. Bright admite que seu plano falhou, com Frontal capturando a Nahel Argama devido à sua rápida resposta. Martha pergunta como que ele havia perdido o controle do grupo, e Bright explica que a patrulha original foi removida da área devido à natureza da missão do General Revil, o que sutilmente implica que a Fundação Vist entregou o conflito. Ele confronta Martha sobre onde a Caixa Laplace realmente está, e ela conta a ele sobre The Lady e que o projeto do Unicorn era uma lembrança de Vist. A "caixa" é guardada por um unicórnio branco e um leão preto, e Martha diz a Bright que se eles não puderem proteger a caixa, então eles irão destruí-la se ela rejeitasse os serviços de Londo Bell.

Bright mais tarde é informado por Kai que a Federação havia reconstruído o Gryps Laser como Gryps II com a intenção de destruir a Magallanica aonde a Caixa estava localizada antes de cair nas mãos de outras pessoas. Com a Nahel Argama engajada na batalha e sem motivos para alarmá-los por não terem sido capazes de evacuar a colônia, Bright ordena que a Ra Calium desça à Terra. Chegando a Montanha Cheyenne, aonde a central de controle Gryps II está, Bright declara sua autoridade como comandante da Londo Bell para inspecionar o lugar. Quando entra na central de comando, encontra o Presidente Ronan inserindo a chave de ativação da super arma. Ele tenta protestar à decisão, prometendo se voltar contra a Federação se Ronan continuasse com o plano, o qual seu superior chama de blefe. Após inserir a chave e começar a carregar Gryps II, Bright se vira para partir, mas então Alberto Vist revela que Riddhe estava pilotando o Banshee e que estava na linha de fogo. Bright volta à base de comando e insiste que desliguem Gryps II, o que se recusaram, com o laser se aproximando à massa crítica e qualquer acidente poderia pôr em milhares de pessoas em volta da super arma.

Por fim, a Magallanica foi salva quando o Unicorn e Banshee criaram um psychofield de três dimensões para defletir o laser. Logo após, Princesa Mineva começa a transmitir para toda a Terra e espaço, revelando o segredo da caixa, que era a escrituta original da Universal Century, que fala que os Newtypes deve tomar parte do governo. Martha ordena que General Revil intercepte Magallanica e pare a transmissão, Alberto declara que a conspiração acabou com a abertura da Caixa. Bright então conta a Martha que os militares estão assumindo e que ela como civil não tem nada a dizer. Ele então começa a questioná-la.

U.C. 103

Bright Noa (45), U.C. 105

20 anos após os eventos da Second Neo Zeon War, Bright acaba em uma posição que nenhum pai deveria ser forçado a estar: Como um oficial militar da Federação Terrestre, ele condena Hathaway a morte após ser capturado como líder do grupo terrorista anti-Federação, Mufti. Aparentemente Bright não sabia quem o líder da Mufti era até o momento de sua execução, quando ele já estava incapaz de fazer qualquer coisa para pará-los, no entanto essa infeliz coincidência que seus companheiros comandantes fizeram é de motivos desconhecidos.

O incidente marcou a retirada definitiva de Bright do serviço militar. Após testemunhar a execução e passar um longo tempo em profunda depressão, Bright finalmente recupera seu espírito e abre um pequeno restaurante com sua esposa e filha, Mirai e Cheimin.

sábado, 4 de novembro de 2017

Aina Sahalin

Aina Sahalin (アイナ・サハリン Aina Saharin) é um das personagens de Mobile Suit Gundam: The 08th MS Team OVA. 

Aparições:
OVA: 08th MST: Episódios #1 - #12
Dublador: Japão - Kikuko Inoue Icon
Perfil:
Tipo Genético: Oldtype
Cor dos Cabelos: Azul Claro
Idade: 20
Nascimento: 0059 (U.C.)
Gênero: Feminino
Família: Shiro Amada (Marido);
Ginias Sahalin (Irmão);
Filho
Interesses amorosos: Shiro Amada
Afiliação: Principado de Zeon
Ocupação: Piloto de teste de Mobile Suit;
Piloto de Mobile
Mobile Weapons: Apsalus I;    Apsalus II;
    Apsalus III;
    MS-06RD-4 Zaku High Mobility Test Type;
    RX-79[G] Gundam Ground Type.

Personalidade e Personagem:


Aina é irmã de Ginias e filha da nobre família Zeonica, Sahalin. Ela é piloto às, , mas demonstra importância pela vida dos soldados. O amigo da família Sahalin, o Capitão Norris, age como um pai substituto para a jovem Aina, olhando por ela da base.Apesar de tecnicamente ela ser piloto de testes na maior parte da série, apenas Ginias ultrapassa suas habilidades na base de Zeon. Ela também vê Norris Packard como figura paterna.

História

Conhecendo Shiro

Aina e Shiro Amada trabalharam juntos para serem resgatados em sua curta batalha, aonde Shiro em um RB-79K Ball Type K tomou Aina e seu MS-06RD-4 Zaku High Mobility Test Type em meio a um campo de detritos. Amos planejaram escapar da destruição de suas naves antes de serem completamente aniquilados, acabando ficando em uma nave de batalha naufragada da Federação. A primeira corrida por dentro da nave foi hostil, mas Shiro, após perceber uma abertura na roupa espacial dela, se da conta de que precisam trabalhar juntos para sobreviver. Durante as tentativas de retornar aos seus respectivos lados, Aina e Shiro formam um vínculo, o que é mostrado através de Aina dando a her seu relógio pessoal, já que o de Shiro havia sido esmagado. Ele fica com o relógio por praticamente toda a série esquecendo de devolvê-lo a Aina como parte do acordo. as they part ways.

Apsalus Trials

Aina pilotando o Apsalus I

Após retornar à base de seu irmão na Terra, Aina se torna piloto de testes do Apsalus I Mobile Armor,
criado pelo engenheiro genioso Ginias Sahalin. Semsaber que Aina e Shiro do 08th MS Team fugiram juntos. No segundo encontro durante a tentativa do 08th MS Team em capturar o Apsalus II, Shiro trava o mobile armor em sua tentativa de escapar, sugerindo que Aina o informasse que aquela ação resultaria a morte de ambos. Para sua surpresa, Shiro se da conta de que a voz era de Aina e faz contato com ela sobre uma cordilheira, com seu mobile suit ainda agarrado ao Apsalus II. Eventualmente o processo os tira do curso e entram nas montanhas durante uma tempestade de neve. Durante a descida, Shiro revela seu amor por Aina como ele está perto de uma possível moste. Shiro, no entanto, felizmente consegue parar a queda do Apsalus. Durante o tempo que passaram juntos no  canyon, ambos demonstraram afeto pelo outro, mas ao mesmo tempo se viram forçados a lidar com os conflitos de suas respectivas facções, fazendo-os se separar. Shiro devolve a Aina seu relógio e depois são resgatados por seus companheiros. Para o infortúnio de Aina, Ginias está ciente de seu relacionamento, graças a uma foto retirada logo antes de seu resgate, assim como pelo seu jeito mais feminino de se vestir e seu comportamento de mulher apaixonada. Shiro precisou encarar a inquisição militar que o acusou de ser um traidor por causa de seu relacionamento com Aina, aumentando ainda mais suas crenças. Ele teve como prioridade salvar as vidas de Zeon, ao invés de liderá-los.

Aina presa nas montanhas



Confronto Final com a Federação Terrestre


Durante o assalto final da Federação na base de Zeon no final da série, Aina decola no completo Apsalus III com seu irmão em um atentado falho de proteger o transporte de escape durante o cessar fogo temporário. Ginias acaba com o plano de irmã, atirando durante o lançamento, fazendo com que a Federação destruísse o transporte como retaliação. Aina, em seu próprio processo de retribuir, é pega de surpresa pela abrupta aparição de Shiro em seu Ez8 Gundam fortemente danificado. Ela o protege em sua tentaiva de convencer Ginias a se render, mas seu irmão tem plena convicção em destruir Jaburo e a Federação o leva a matá-la. Enquanto caía do cockpit, Shiro consegue pegá-la e levá-la com ele em seu mobile suit. Quando Aina voltava a ficar consciente, ela e Shiro descobrem que o relógio fez com que a bala não entrasse em seu peito. Para poder terminar o conflita, ambos decidem que a única opção é matar Ginias e destruir juntos o Apsalus III enquanto atira uma última devastadora partícula de canhão, destruindo a nave de batalha das Forças Federativas e aparentemente matando Aina e Shiro no processo.

Pós batalha


Mais tarde é revelado que ambos sobreviveram e que Shiro perdeu a parte de baixo de sua perna esquerda durante a batalha. Ela e Shiro escapam das montanhas e começam uma vida juntos em uma pequena cabine, livres das obrigações que a guerra os colocou. Quando Kiki e Michel os encontram (no episódio 12), Aina está grávida de Shiro.

quinta-feira, 5 de outubro de 2017

Char Aznable

Char Aznable (シャア・アズナブル Shaa Azunaburu), nascido como Casval Rem Deikun (キャスバル・レム・ダイクン Kyasubaru Remu Daikun), é um dos personagens principais da Universal Century. Ele foi introduzido com oum dos antagonistas em Mobile Suit Gundam e mais tarde se tornou um dos protagonistas em Mobile Suit Zeta Gundam. Em sua aparição final, em Mobile Suit Gundam: Char's Counterattack, ele é o antagonista titular. Ao decorrer de sua vida, foi também conhecido por nomes como Édouard Mass (エドワゥ・マス Edowa~u Masu) e Quattro Bajeena (クワトロ・バジーナ Kuwatoro Bajīna). Além disso, também tem o nome de guerra como "The Red Comet (赤い彗星 Akai Suisei)", por sua performance durante a Batalha de Loum na One Year War.

Casval Rem Deikun
Édouard Mass
The Red Comet
Quattro Bajeena

Aparições:
Anime: MSG: Episódios #1 - #43;
MSZG: Episódios#1 - #50;
GBF: Primeira aparição episódio #23
Manga: Side Story of Gundam Zeta;
MSZG Define: Primeira aparição Chapter #1;
MSG:CDAPOYC: Primeira aparição Chapter #1;
Katana;
EX A;
MSV-R: RoJR
Foto Novela: Mobile Suit Gundam: Secret Rendezvous;
Mobile Suit Gundam: Char's Counterattack - Beltorchika's Children;
THE FIRST STEP
Filme: Mobile Suit Gundam: Char's Counterattack

OVA: MSG-UC: Primeira aparição episódio #7
Jogo: Mobile Suit Gundam: Journey to Jaburo;
Mobile Suit Gundam: Zeonic Front;
Mobile Suit Gundam: Encounters in Space;
Mobile Suit Gundam: Gundam vs. Zeta Gundam;
Dynasty Warriors Gundam;
Dynasty Warriors Gundam 2;
Dynasty Warriors Gundam 3;
Dynasty Warriors Gundam Reborn
Dubladores: Shūichi Ikeda;
Katsuyuki Konishi (Gundam-san)
Perfil:
Tipo genético: Newtype
Altura: 175 cm (MSG);
180 cm (MSG-Z)
Peso: 74 kg
Cor do Cabelo: Loiro
Cor dos Olhos: Azuis
Idade: 20 (MSG);
27 (MSG-Z);
33 (MSG-CC)
Nascimento: 17 de novembro de 0059 (U.C.)
Morte: 12 de março 0093 (U.C.) (MSG-CCn)

Status: Morto em ação
Gênero: Masculino
Família: Zeon Zum Deikun (Pai);
Astraia Tor Deikun (Mãe);
Sayla Mass (Irmã);
Don Teabolo Mass (Pai adotivo);
Afranche Char (Clone);
Criança não nascida (PoYC) (Filho de Natalie Bianchi);
Criança não nascida (MSG-CCn) (Filho de Nanai Miguel)
Interesses amorosos:
Lalah Sune (MSG);
Natalie Bianchi (PoYC);
Reccoa Londe (MSG-Z);
Nanai Miguel (MSG-CC)
Nacionalidade: Side 3
Afiliação: Principado de Zeon (MSG);
Axis, First Neo Zeon Movement (PoYC);
Anti Earth Union Group (MSG-Z);
Neo Zeon (MSG-CC)
Ocupação: Comandante de Mobile Suit de Zeon (MSG);
Comandante do Esquadrão Submarino Mad Angler (MSG);
Comandante de Mobile Suit da Argama (MSG-Z);
Primeiro Oficial da Argama (MSG-Z);
Líder e Representante Público da AEUG (MSG-Z);
Líder Supremo de Neo Zeon (MSG-CC)
Rank: Tenente Comandante/Major (MSG) (Principado de Zeon / Axis Zeon);
Tenente/Capitão (MSG-Z) (AEUG);
Capitão/Coronel (MSG-CC) (Neo Zeon)
Mobile Weapons:
 AMA-00GR Zero GR;
AMS-119N Röte Doga
    AMX-002S Neue Ziel II
    Komusai
    MS-06C Zaku II Early Production Type
    MS-06R-1A Zaku II High Mobility Type
    MS-06S Zaku II Commander Type
    MS-09RS Rick Dom C.A. Custom
    MS-14B Gelgoog High Mobility Type
    MS-14S Gelgoog Commander Type
    MS-14U Gelgoog (Outer Space Type)
    MS-15A Gyan Mass Production Type
    MS-15PLUS Gann Ex
    MSK-008 Dijeh (Char Aznable Custom)
    MSM-07S Z'Gok Commander Type
    MSN-00100 Hyaku Shiki
    MSN-01 Kikeroga
    MSN-02 Perfect Zeong
    MSN-02 Zeong
    MSN-03-2 Great Zeong
    MSN-04 Sazabi
    MSN-04II Nightingale
    MSZ-000 Zero Shiki
    P01B Luggun
    RMS-099 Rick Dias
    RMS-179 GM II
    RX-098 Prototype Rick Dias
    RX-178 Gundam Mk-II
    RX-78/C.A. Casval's Gundam
    Zogojuash
Embarcações Comandadas:
 Gwazine-class
    Mad Angler-class
    Musai-class
    Zanzibar-class
Navios com Tripulação:
 Argama-class
    Garuda-class
    Rewloola-class

Personalidade


Durante a One Year War, Char era um jovem de estatura média, com cabelo loiro curto e ondulado, e olhos azuis. Ele estava sempre vestido em seu uniforme de Zeon; vermelho, sua cor favorita; e a maior parte do tempo estava com um capacete com  óculos de proteção ou um grande par de óculos escuros para esconder sua identidade. Por volta de U.C. 0087, Char cresceu mais e deixou seus cabelos crescerem na altura dos ombros, e pela Second Neo Zeon War, ele voltou a usar curto e para trás, e não mais escondeu sua identidade como Casval Rem Deikun. Ele também tem uma pequena cicatriz diagonal entre seus olhos, que recebeu de Amuro Ray em seu duelo de espadas em A Baoa Qu.

A personalidade de Char é uma mistura de paixão, carisma, orgulho, vingança e charme. Apesar de que a mais dominante de suas características é o carisma, o que faz dele um líder genuíno. Suas habilidades como piloto e seu carisma faz com que muitas pessoas o respeitem e sigam seu comando, enquanto isso seus oponentes o temem. Outra definição de sua personalidade seria a tendência a manter rancores profundos, visto mais evidente nas atitudes perante a família Zabi e a Amuro Ray. Muitas vezes o seu desejo de vingança o define na maior parte das séries. Seu principal objetivo em Mobile Suit Gundam era matar até o último membro da família Zabi em retaliação pela morte de seu pai. Outro grande exemplo era a sua rivalidade com Amuro, que a princípio era apenas um soldado no lado oposto mas se tornou uma grande antipatia após Amuro, sem intenção, matar Lalah Sune, por que Char tinha afeto. Isso fez com que temporariamente Char esquecesse da vingança contra a família Zabi e focasse somente em matar Amuro, até que Sayla Mass o lembrou de seu antigo rancor. A antipatia entre os dois também revelou duas outras coisas sobre seu personagem: sua rivalidade com Amuro fez surgir seu orgulho como soldado, e ele repetidamente desafiava-o em diferentes mobile suits apenas pela satisfação de derrotar o jovem piloto em batalha, enquanto que com os Zabi mostrou que poderia ser muito manipulador, tendo enganado-os por anos e influenciado seus planos de batalha sem que jamais questionassem sua lealdade.

Por volta de U.C. 0087, a personalidade de Char mudou drasticamente, com sua vingança completa, ele pode ajudar a derrotar os corruptos Titans e seguir os ensinamentos de seu pai de que a humanidade deveria se mudar para o espaço se isso fosse para o progresso. Ao decorrer da série, Char demonstrou sua paixão em seguir o legado de seu pai, mesmo indo contra as pessoas de Zeon, se recusando a seguir suas ideologias de se virar a Federação e ir adiante para lugar contra suas forças na batalha final.

O porque da mudança de Char é mostrado no episódio 37 de Zeta, quando Char faz seu discurso sobre que os humanos deixassem a Terra, então ela poderia voltar ao seu estado natural. Isso mostrou que Char realmente se preocupava com o planeta e queria salvá-lo, além de querer o que fosse melhor para a humanidade, tocando até mesmo o mais insignificante humano para lutar com eles. Como indivíduo Char também melhorou como quem ele costumava ser, apesar da rivalidade com o novo protagonista, Kamille Bidan, Char agiu comoseu mentor e ajudou a resolver as birras do rapaz, algo que o antigo Char jamais faria. Ele também foi capaz de deixar o rancor passado para trás, já que ele esteve lutando e cooperando com antigos inimigos como Bright Noa, Hayato Kobayashi, e até mesmo seu rival Amuro, com quem ele não conseguia nem ao menos ter uma conversa.

No entanto, em Char’s Counterattack, Char mudou sua atitude mais uma vez, desta vez para o pior. Depois de ser exposto pelas pessoas na Terra, ele se deu conta que não eram apenas os Titans, mas grande parte da humanidade estava corrompida, e como resultado pegou desgosto pelos humanos e mudou seu pensamento. Isso culminou com ele jogando asteroides na Terra, na esperança de causar um inverno nuclear, deixando a Terra inabitável, forçando os humanos a migrarem para o espaço. Apesar de parecer maligno a princípio, Char continua a se preocupar com a Terra e continua a querer o melhor para a humanidade, apenas agora está mais focado com o resultado do que em resolver, inclusive na Terra apesar de continuar tendo pessoas que não haviam evacuado e estava determinado a eliminar qualquer um que se viesse a se opor.

Uma drástica diferença em sua caracterização foi sua atitude perante o solitário sobrevivente da família Zabi. Apesar de durante a One Year War, ter ficado perfeitamente feliz com a morte de seu "amigo" Garma Zabi, por nenhuma grande razão, além de ser membro da família Zabi, Char se demonstrou não ter problemas da condição de Haman ser Mineva Zabi, sugerindo uma genuína preocupação pela inocente garota.

Apesar de todas as mudanças, algo que era constante em Char era o seu amor e proteção pelos próximos a ele. Isso pode todas as séries em que ele aparece: em MSG, quando tenta convencer sua irmã Artesia; conhecida agora como Sayla Mass; a deixar a White Base múltiplas vezes; entregando, inclusive, uma mala de ouro para ajudá-la; em Zeta quando guia e luta ao lado de Kamille, e seu relacionamento maduro com Nanai em Char's Counterattack.

Um fato interessante fato sobre Char é sua influência sobre moças jovens, que acontece durante vários momentos da série. Como exemplo temos seu relacionamento com Lalah Sune; que tinha 17 anos de acordo com a novel de Tomino, "Secret Rendezvous: Amuro and Lalah", ela foi encontrada por Char trabalhando com oprostituta, e Haman Karn, que tinha 14 anos, como mostrado no mangá Portrait of a Young Comet - Char's Deleted Affair. Char influenciou desiludidas como Quess Paraya, que tinha 13 ano de acordo com o Gundam Official Guide, durante os eventos do filme Char's Counterattack, quando Quess foi para cima de Char depois de ter sido rejeitada por Amuro Ray na esperança de aprender com os famosos Newtypes. Char, apesar de se importar com essas mulheres, jamais demonstrou um sinal real de interesse romântico, exceto por Lalah, Natalie Bianchi e Nanai Miguel.

No geral, Char vai à luta para vingar seu pai, e para lutar por sua ideologia. Além disso, procura proteger aqueles com quem se importa e destruir os que são contra ele.

Habilidades


Como piloto de mobile suit, Char se destaca em combate terra, ar e espaço. Ele explora as desvantagens de seus imigos e usa como vantagem própria. Char também é capaz de usar o potencial total para trazer o mobile suit ao seu potencial total, e está apto a segurar seu campo contra o tecnologicamente superior a RX-78-2 Gundam com versões de comando dos Zaku, Z'Gok, e Gelgoog. Seus dias na Academia de Defesa Espacial de Zeon ajudou-o a desenvolveu suas habilidades como um soldado seguro, seja usando armas de fogo, detonando explosivos, e esgrima. Sua corajosa liderança pelo que ele é conhecido por ter desenvolvido na academia militar. Apesar de ser um piloto excelente, sias habilidades de Newtype são menores que a de seu arquirrival Amuro Ray. As habilidades Newtype de Char foram apenas desenvolvidas como resultado de um longo treinamento. Char é também um astuto estrategista e tático, conseguindo superar diversos de seus inimigos, mesmo não pilotando um mobile suit. Char, assim como seu pai, aparenta ter nascido um bom orador, sua paixão durante seu discurso denunciando os Titans em Dakar colocou a Terra puxou o apoio da Federação Terrestre para a AEUG.

História

One Year War

Side 7

Casval (20) sobre o apelido de Char Aznable em U.C. 0079

Char mostrou grande potencial não apenas como às de mobile suit, mas também como estrategista e carisma como oficial de comando. Depois de voltar de uma missão rotineira, Char descobre o cargueiro de assalto Pegasus-class White Base se aproximando de Side 7. Como Char havia sido enviado à colônia em Side 7 para investigações, ele e seus homens descobriram que a Federação estava começando a testar diversos protótipos de mobile suits. Contra suas ordnes, dois de seus homens começaram a atacar a fábrica de pesquisa da Federação. De qualquer maneira, esses dois pilotos mais tarde foram mortos pelo garoto civil chamado Amuro Ray que tomou o controle do RX-78-2 Gundam em desespero.

Como Char estava tirando fotos com seu RX-75-4 Guntank, sua irmã Sayla Mass o parou apontando uma arma para ele. Mas após revelar seu rosto para ela, ele foi capaz de escapar.  Apesar de diversos protótipos de mobile suits terem sido capaz de escapar a bordo da White Base, Char retornaria com seu cruzador Musai e continuaria a perseguí-los. Char lançou diversos ataques contra a White Base enquanto estava na rota para a Terra. Foi quando Char se encontrou pela primeira vez com aquele que viria a ser seu rival, Amuro Ray.

América do Norte


Apesar de Char facilmente superar o inexperiente Amuro, a superioridade tecnológica do Gundam o preveniu de destruir ele ou outros mobile suit ou a White Base. Depois de diversas tentativas falhar de tomar a White Base no espaço, Char ousadamente atacou mais uma vez durante a entrada na atmosfera terrestre. Apesar do ataque ter falhado, se sucedeu em que a White Base se desviou dp destino que pretendiam, sendo forçados a entrar na América do Norte, controlada por Zeon.Na América do Norte, Char se juntou a Garma Zabi, comandante das forças de Zeon na área.

Char entrou na batalha com seu Zaku e mais uma vez a White Base tentou sair da América do Norte por um caminho através de Seattle. Durante a batalha.Char rapidamente percebeu que a White Base estava protegida em um antigo e meio destruído ginásio de esportes, e o Gundam estava tentando atrair a frota de ataque Gaw de Garma direto para a barragem prevista do cargueiro de assalto. Vendo a chance para finalmente se vingar da família Zabi, Char dá informações incorretas a Garma sobre a localização da White Base e o guia até a armadilha. White Base em seu ataque brutal e quase sem fim na frota de Garma, pegando-o completamente de surpresa. Em seus momentos finais, Char discretamente contata Garma e passionalmente confessa sua traição, rindo ameaçadoramente enquanto Garma morre em campo.

Jaburo


Após a morte de Garma, Char foi suspenso do serviço militar por Dozle Zabi por sua suposta incompetência em defender Garma. No entanto, quando a guerra começou a ficar a favor da Federação Terrestre, Char foi pressionado a voltar à atividade a pedido de Kycilia Zabi. Foi dado a ele o comando do esquadrão submarino Mad Angler de Zeon e foi mandado para destruir a White Base. Depois de chegar ao Oceano Atlântico, ele descobriu que a White Base estava atracada no quartel general da Federação em Jaburo. Depois de reunir todas as forças disponíveis na área, Char pessoalmente liderou uma grande escala de assalto na base, utilizando seu MSM-07S Z'Gok Commander Type.

A batalha ainda assim terminou em falhas, com poucos mobile suits na batalha e sendo derrubador pela formidável defesa de Jaburo. Ainda que Char tivesse feito um bom progresso sozinho, ele foi forçado a se retirar quando novamente ficou frente a frente com Amuro Ray, cujas habilidades como piloto haviam melhorado consideravelmente desde sua última batalha. Após o encontro, Char mais uma vez tentou infligir um grande dano na base, desta vez espalhando diversos explosivos pela fábrica. Seus planos novamente falharam graças ao grupo da White Base. No entanto, nessa nova tentativa ele fugiu com sua irmã. Apesar de ter pouco tempo para conversar, ele deu um forte aviso de para ela deixar a Federação antes de abortar sua missão.

Lalah

Char encontra Amuro cara a cara pela primeira vez

Durante a guerra, mais tarde, Char desenvolve um relacionamento com a Newtype Lalah Sune, uma garota que ele salvou de um bordel na Índia. Char também se desenvolve como Newtype e em consequencia formas psíquicas se unem com Amuro e Lalah. Continuando sua caçada pela White Base, Char vai a bordo do Zanzibar-class mobile cruiser e rastreia a White Base na órbita. Ele acaba seguindo a nave até o território neutro de Side 6. Dentro da colônia ele acaba se encontrando pessoalmente Amuro Ray pela primeira vez. O carro de Amuro ficou preso em uma vala na lateral da rua e Char e Lalah ofereceram ajuda. Apesar de ambos conhecerem a identidade um do outro, nenhum deles falou sobre isso abertamente. Enquanto Amuro estava apavorado com o encontro, Char não tentou perturbar Amuro em nenhum momento e o ajudou a voltar à White Base.

Após a Batalha de Solomon, Char se mudou de Side 6 para a colônia Texas em Side 5, onde o Coronel M'Quve havia montado uma armadilha para o Gundam. Uma vez dentro de Texas, foi dado a Char o MS-14S Gelgoog Commander Type, que o permitia finalmente a lutar também no chão contra o Gundam. No entanto, quando entraram em batalha, Char percebeu estar desatualizado por Amuro, cujas habilidades newtype haviam superado as suas. Após a morte de M'Quve e de ter sofrido diversos danos, Char se viu forçado a fugir da batalha para proteger sua vida.

Quando deixava a Colonia Texas, Char percebeu Sayla dirigindo um jeep enquanto procurava por Amuro. Ele então pulou para dentro do veículo e a forçou a parar, apontando uma arma. Quando finalmente tiveram a chance de conversar, ele contou a ela suas razões para ter se juntado às forças militares de Zeon military: que era se infiltrar na família Zabi e fazer vingança pela morte de seu pai. Char depois contou a Sayla deveria deixar a White Base porque ele não queria que ela se machucasse, e que a guerra "não combinava com ela". Char deixou a colônia e a deu uma mala cheia de ouro, pedindo para que ela vivesse em paz na Terra. Mais tarde durante a guerra, como as frotas da Federação Terrestre começaram a avançar para casa natal de Zeon em Side 3, Char acompanha Lalah em numerosos ataques contra a Federação. Durante a batalha, Lalah luta contra o Gundam com seu MAN-08 Elmeth mobile armor. Com o progresso da batalha, Char é enviado para protegê-la. Ele então procede a luta contra o Gundam e chega próximo de destruir o companheiro de Amuro, que estava pilotando o G-Fighter (apenas na versão TV, o Core Booster foi utilizado no filme). No entanto como ele tenta derrubar  o ms, ele é parado por Lalah, ele olha para o cockpit e se dá conta que Sayla está pilotando. Percebendo que estava próximo de matar sua própria irmã, ele manobra para sair do caminho e acaba tendo seu mobile suit desarmado pelo Gundam.

Quando Amuro pega seu Beam Saber ele voa em torno de Char para dar seu tiro final. No entanto, não querendo vê-lo morrer, ela corre até Char com seu Elmeth, que bate nele e o tira do caminho. Apesar de salvar sua vida, o beam saber acerta Lalah, matando-a instantaneamente. Agora coom um profundo ódio de Amuro, ele jura se vingar na próxima batalha.

A Baoa Qu


Antes da batalha de A Baoa Qu, Char recebeu o protótipo do MSN-02 Zeong. A rivalidade entre Char e Amuro aos poucos chega ao seu pico em Mobile Suit Gundam. Eles começam uma batalha sem fim entre seus mobile suit e então, após perdê-los, entram em um duelo de espadas. No duelo, Char tenta esfaquear Amuro no braço, enquanto que Amuro ameaça esfaquear Char. O capacete de Char o protege do golpe, deixando-o com uma cicatriz no rosto. Sayla corre até o quarto e pede para que ambos parem. Char se dá conta de que tem se distraído com sua rivalidade com Amuro e volta a focar no verdadeiro inimigo - sua vingança contra a família Zabi - e pede para que Amuro se junte a ele.

Char e Amuro em luta de espadas durante a batalha de A Baoa Qu

A explosão que ocorre os afasta e Char corre para salvar sua irmã. Após escutar de um soldado de à beira da morte que Kycilia Zabi, a última sobrevivente dos Zabi, estava escapando, Char diz a Sayla para que ela "seja uma boa mulher" e vai até Amuro, e então foge com uma bazuca em suas mãos. Ele encontra Kycilia em sua nave para partir e os saúda; "Garma, estou enviando sua irmã para se juntar a você. Considere este meu presente de despedida"; antes de atirar. Esse ato final de vingança resulta na aniquilação da ponte da nave que acaba por decapitar Kycilia. Ele então desaparece na poeira da explosão.

Consequência

Ao final da One Year War, Char vai até Axis a bordo da nave de batalha Gwazine-class após Zeon perder a guerra, seu êxito com a vingança combinado com suas próprias ações, sua rivalidade com Amuro, e as lutas internas entre os Zabis. Em Axis, Char é requisitado para liderar as forças remanescentes dos soldados de Zeon, que não sabiam o que ele havia feito com os Zabis. Ao invés de aceitar, ele passa a liderança à Haman Karn, fazendo dela Regente de Mineva Lao Zabi no processo.

Durante seu tempo ali, Char heroicamente protejeu Axis em duas grandes batalhes contra a Federação Terrestre. Ele ficou lá até o final de U.C. 0082, quando voltou para Side 3 para uma missão especial para proteger a jornada de inspeção de Haman Karn em Side 3. Quando ele chegou a Cidade de Zum em U.C. 0083, ele recebeu um convite de George Miguel (Irmão de Nanai) para se unir à organização espaçonoide paramilitar com as Forças da Federação Terrestre.

No entanto, após ouvirem sobre a doença fatal de Mahajara Karn no final de maio de 0083, Char e Haman decidiram retornar à Axis. Uma vez feito isso, eles interceptaram a facção pró guerra da Axis que desejava recomeçar o conflito com a Federação Terrestre, liderados pelo Coronel Enzo. Começa uma guerra civil, com Char e Haman se unindo às forças de Enzo. Infelizmente, o pai de Haman e verdadeiro líder político de Axis, Mahajara Karn, morre pouco depois do final da batalha, e Haman agora se encontrava no alvo de Axis e Mineva. Pouco após a batalha, o assassinato inesperado do tutor formal de Haman, Natalie Bianchi; um assassinato que Haman Karn não causou, mas acabou permitindo, já que Natalie estava grávida; quem também estava comprometoca com Char no mangá sobre um caso dele, o que causou em Char uma profunda depressão. Após o luto de perder Natalie e seu filho que estava no segundo mês de gestação, ele então perdeu sua motivação de permanecer em Axis. A tensão entre Char e Haman sobre a Axis e o então lídes dos remanescentes de Zeon deixa o asteroide permanentemente com 600 outros soldados em 29 de outubro de 0083.

Deixando Axis, Char retorna à Esfera Terrestre em 0084 de setembro e se infiltrou nas Forças Federativas com o nome falso de "Quattro Bajeena". Quase imediatamente, ele se encontra envolvido nos conflitos contra ao recém formado grupo da Federação Terrestre, a Força Tática Titan Task Force, lutando e derrubando 2 naves de batalha inimigas, horas antes de adquirir sua nova identidade. Depois de se encontrar com o político Blex Forer da Federação, Char se une a um grupo formado por antigos soldados das Forças Federativas e acaba se tornando membro fundador da Anti-Earth Union Group.

Gryps Conflict

Char Aznable como "Quattro Bajeena"

Char reapareceu em UC 0087, muito pouco disfarçado, trocando sua máscara por um par de grandes óculos e usando o nome de "Quattro Bajeena". Originalmente retornando à Terra como um espião de Axis, as coisas viraram de cabeça para baixo após a criação e crescimento dos opressivos Titans, fazendo com que Char reavaliasse seus objetivos, como a sua escolha em ajudar na liderança da AEUG.

Nesse momento, mais do que servir de rival do piloto Gundam, Kamille Bidan, Char serviu como seu mentor durante a guerra opressiva entre a Federação Terrestre e o exército militar dos Titans. Mais que isso, Char se tornou um aliado de confiança de seus adversários da antiga One Year War, como Amuro Ray, Hayato Kobayashi e Bright Noa. Ele servir abaixo de Bright Noa como líder das forças de mobile suits da AEUG.

Zeta Gundam proeminentemente mostra a imagem de Char como herói carismático que está sempre disposto a se levantar e lutar pela liberdade dos espaçonoides. Seu discurso político em frente à Assembleia da Federação em Dakar, que foi transmitida por toda a Terra e colonias espaciais, é um dos momentos mais marcantes em toda a timeline da Era UC de Gundam.  Isso firma o total comprometimento de Char com a colonização espacial e migração da humanidade no espaço. E é também nesse mesmo discurso que ele publicamente denuncia os Titans, os chamando de bárbaros e que não possuem remorso algum pelas pessoas que machucam, o que foi justificado pelo ataque dos Titans na própria Assembleia, mesmo com diversos políticos chave da Federação estando ainda dentro no momento do ataue.
Apesar da vitória da AEUG no Confronto de Gryps contra os Titans, Char é derrotado na batalha final contra Haman Karn, líder da emergente da facção Axis (mais tarde conhecida como Neo Zeon) e foi colocado como morto. No entanto, após os créditos finais, é possível ver o mobile suit de Char com poucos danos e seu cockpit abre misteriosamente, como se disesse que está vazio. Bright Noa então aponta que ele está com uma intuição de que Char estaria apenas observando de longe e esperando a oportunidade certa de retornar ao palco central nos casos da UC.

Char não aparece na sequência de Zeta Gundam, Mobile Suit Gundam Double Zeta. Yoshiyuki Tomino afirma que origininalmente ele queria colocar Char em Double Zeta, mas os planos foram cancelados quadno garantiu que iria em frente com o filme para cinema de Char's Counterattack.

Second Neo Zeon War

Char (34) em U.C. 0093

Outros cinco anos se passaram antes do retorno de Char no filme Char's Counterattack, como líder da então revivida facção Neo Zeon. As cenas de abertura do filme mostram sua intenção de jogar a grande base astroide Axis na Terra, forçando uma crescente migração de sua população para o espaço, que ele acreditava que forçaria toda a humanidade a evoluir em Newtypes. Apenas uma coisa estava no caminho: A Força Tática de elite da Federação Terrestre, Londo Bell liderada por seu antigo aliado Bright Noa, e o piloto às de Londo Bell, seu antigo arquirrival Amuro Ray.

 Briga entre Char e Amuro.

Ambos Char e Amuro pilotam mobile suits equipados com avançados Psycommu system conhecidos com o Psycoframe. O mobile suit de Amuro, RX-93 ν Gundam, estava ainda instalado com o sistema com  blueprints da tecnologia Psycoframe providenciada propositalmente pela Anaheim Electronics pelo próprio Char. Isso efetivamente colocou no palco a tão esperada batalha entre os dois rivais. Na batalha final em  Axis aonde Char ainda está derrotado por Amuro, ambos Psycoframes reagem entre si, superaquecendo e fazendo com que ambos desaparecessem em um traço de luz que causou a explosão da energia psíquica que parou o avanço do asteroide à Terra. Ambos são então considerados MIA (Missing in Action - Desaparecido em Ação).

Notas: na novelização, Beltorchika's Children, ambos personagens foram confirmados como KIA (Morto em Batalha). No entanto, na animação oficial ambos foram descritos como MIA.

Terceira Neo Zeon War


Nota: a informação seguinte é baseada na animação Mobile Suit Gundam Unicorn (OVA). A Mobile Suit Gundam Unicorn (Novel) é um pouco diferente na sequência de eventos. Para informações detalhadas sobre Full Frontal, veja Full Frontal.

Durante os eventos de Char's Counterattack, Char, assim como Amuro, experenciou o sistema psycoframe em sobrecarga. Não tendo mais nada pelo que viver, Amuro provavelmente consentiu em se seguir para vida após a morte. A alma de Char, no entanto, estranhamente se dividiu em duas metades, sendo que uma decidiu seguir e a outra permaneceu, tornando-se quem depois ficaria conhecido Full Frontal. Como resultado, Char como Full Frontal é espiritualmente incompleto e não mais acredita no futuro coletivo da humanidade como newtypes.

Mais tarde, na conclusão, Full Frontal é libertado pelo espírito de Lalah Sune. Ela informa a Char que ele está cansado e que já fez o suficiente. Full Frontal então abandona seu corpo físico e se transforma em inteiro novamente, confiando a Banagher a Caixa Laplace, assim como o futuro da humanidade. Após Banagher e Riddhe partirem, o espírito agora completo de Char, Amuro, e Lalah conversam brevemente. Amuro pergunta a Char se ele concorda com Lalah. Char conta que sim e que deixaria o resto com Banagher, Riddhe, e a geração mais jovem. Juntos, os espíritos dos três newtypes ascendem a um destino desconhecido.

Outros


No entanto, mesmo isso não sendo o suficiente para impedir Char de retornar - embora como clone- em Gaia Gear, uma série em novel de Yoshiyuki Tomino -série escrita mais tarde na timeline de Universal Century. Afranche Char é um clone feito por sobreviventes remanescentes de Zeon que procuravam alguém para liderá-los contra a Federação uma última vez, usando o Gaia-Gear man-machine suit.


Relacionamentos


Earth Federation/Anti-Earth Union Group

Amuro Ray


Os mobile suits utilizados por Char e Amuro emuma de suas várias interações.

O arqui inimigo de Char desde seu encontro durante a One Year War. Char e Amuro tiveram seu primeiro encontro durante o escape de Side 7 com a equipe da White Base, apesar de não terem visto o rosto um do outro, pois estavam pilotando seus mobile suits naquele momento. Desde aquela batalha, Char estaria repetidamente desafiando Amuro em qualquer lugar que se encontrassem em outro campo de batalha, pois Char queria derrotar o Gundam em batalha. Eles iriam se encontrar cara a cara pela primeira vez em Side 6, e mesmo estando implícito que Char sabia quem Amuro era, ele o deixou seguir, desejando apenas o melhor a ele no campo de batalha. A rivalidade entre os dois era um de seus orgulhos: ambos querendo superar um ao outro. No entanto, isso mudou após por Amuro matar Lalah por acidente, um pessoa que ambos tinham afeto. Desde então, Char sentiu uma aversão profunda por Amuro, e lutou para matá-lo durante a batalha final em A Baoa Qu, apesar de ter sido parado, pois ele tinha outras preocupações para resolver.

Em Zeta Gundam, Char e Amuro se reuniram após sete anos, dessa vez ambos do mesmo lado. Char aparentemente havia deixado de lado seu ódio por Amuro, já que não demonsta mais má vontade com Amuro. Ambos inclusive foram capazes de conversar e Char nem ao menos reagiu mal com a brincadeira que Amuro fez sobre a Família Zeon, dizendo que eram para serem sacrificados, ele reagiu rindo. Na mesma série, ambos comparam com como a relação de Kamille Bidan com Four Murasame é similar a que eles tiveram com Lalah e expressam em comum o desejo de que Kamille não passe pelo mesmo trauma que eles tiveram. Apesar o rival de Kamille, Jerid Messa ter acabado matando Four, ambos pediram para que ele seguisse sem guardar rancores. Na versão Special Edition no entanto, devido a Four ter sido morta mais cedo, Char nunca soube nada sobre ela e eles jamais tiveram essa conversa.

Em Char's Counterattack, Char revela suas verdadeiras intenções com Amuro: apesar de não mais odiá-lo, Char jamais perdoou Amuro pelo que fez com Lalah, e sabia que arremessando o asteroide na Terra, Amuro ficaria contra ele e os dois finalmente poderiam finalizar sua rivalidade. Char queria que a batalha final fosse com o mesmo motivo e utilizaram a tecnologia psycoframe que vazou para Londo Bell/Amuro, para que tivessem uma luta justa, No geral, a relação de Char com Amuro é de eternos rivais, apesar de serem capazes de trabalharem juntos, eles sempre estarão um contra o outro.

Sayla Mass


Sayla Mass, melhor, Artesia Som Deikun, é irmã de Char Aznable. Diferente de seu irmão que ficou trocando seu nome diversas vezes, Sayla amteve o nome dado por seu pai adotivo, Don Teabolo Mass, e se tornou membro da Federação Terrestre. Char ficou chocado quando soube que ela sabia que ele era o Cometa Vermelho. Char se preocupa profundamente com Sayla como sua irmã e em diversos momentos da história de Mobile Suit Gundam ele a tenta convencer a deixar a ala militar da Federação. Ele inclusive lhe dá, inclusive, uma maleta com barras de ouro, dizendo que era para assegurar seu futuro como uma civil, apesar de seu semblante dramático, ela não seguiu seus conselhos, ao invés disso, informou Bright Noa de que os dois eram irmãos.of their relationship as siblings.

Como Sayla não está colocada nos conflitos postariores, Char não teve a mesma interação com ela. Em Mobile Suit Zeta Gundam, Sayla é mostrada assistindo ao seu discurso em Dakar como ele deu vida a isso, deixando implícito que ela ainda demonstrava consentimento e forte interesse nas ações de seu irmão, e que ela sabia de seu plano de seu plano antes mesmo da assembleia.


Kamille Bidan


Quando Char sentiu a presença de Kamille pela primeira vez, ele achou que talvez fosse Amuro ou Lalah. Isso por causa de sua pouca exposição aos outros Newtypes, algo que mudou durante o Conflito de Gryps Conflict. Char age como mentor do jovem Kamille Bidan e este não duvida em nenhum momento que Quattro seja Char Aznable até que ele recebe uma idcação realmente clara.

Char colocou muita esperança no jovem Kamille, ele o ajudou a ficar maduro e evoluir, oferecendo sábios conselhos que Kamille frequentemente ignorava, mas que eventualmente começou a considerar. Da mesma forma que Char evoluiu através de erros que cometera no passado. Os dois tinham forte respeito um pelo outro e pelos seus companheiros e pilotos, e Char se deu conta de que  Kamille havia se desenvolvido mais que ele como Newtype.

Lalah Sune


Lalah Sune era uma Newtype do Instituto Flanagan, que Char demonstrou interesse e escolheu treinar no campo de batalha. Ele fez alguns esforços para ficar junto com ela e a deixou observar as batalas a distância, até que ele começou a pedir seu apoio quando ela estava usando o Elmeth. Com o progresso da história, se demonstra que os dois sentiram algo um pelo outro, tirando o fato de que Lalah e Amuro tinham uma conecção mais forte por serem Newtypes do que ela e Char, isso foi por causa da natureza delas e da ressonância e ainda Amuro era um Newtype mais forte que Char.

Quando Lalah morre protegendo Char do beam saber de Amuro, ele é preenchido com tristeza e sua obsessão em derrotar o Gundam se torna uma questão de vingança, mesmo sendo a ação dela e não a de Amuro que resultou na morte. Seguido da morte de Lalah, tanto Amuro quando Char continuam focando em sua memória e partes de sua consciência continua permanecendo no espaço. Enquanto que durante anos Amuro fica com medo de ir ao espaço, temendo encontrar o fantasma dela, Char escolhe continuar lá. Enquanto pode sentir sua presença, até que encontrar Kamille, ele sempre acreditou que qualquer presença Newtype que ele sentisse poderia ser dela ou de Amuro. No fim ele não tinha medo do fantasma, nem sentia mais que um vislumbre de sua presença no espaço.

Principado de Zeon


Zeon Zum Deikun


Zeon Zum Deikun era pai de Char Aznable, ou melhor, Casval Rem Deikun. Comentários sobre a série Universal Century implica que Char tem um profundo respeito por seu pai e fica claro que ele jamais perdoou a família Zabi por sua perda. Char ainda demonstra acreditar fortemente na filosofia de Zeon Deikun e isso fica evidente com as interações com os Newtypes em Mobile Suit Gundam como também em seu discurso em Dakar e nas ações durante Mobile Suit Zeta Gundam.

A Família Zabi

Char e Garma

Os sentimentos de Char sobre a Família Zabi é de profundo ódio. Como foram os responsáveis pela morte de seu amado pai, e tentaram matar também ele e sua irmã, Char sempre procurou vingança contra eles. Ele se aliou aos Zabi e ganhou sua confiança apenas por este propósito, e não teve nenhum escrúpulo para matá-los. Em Mobile Suit Zeta Gundam, Char vai mais longe, chamando os  Zabi de grande mal, com ambições egoístas; no entanto, houve duas vezes em que ele demonstrou carinho por eles. O primeiro foi seu amigo de longa data Garma Zabi; mesmo com Char o levando à morte, ele se desculpou em seu momento final, colocando que Garma era um bom amigo e que seu nascimento era uma pena, implicando que ele não o mataria se não fosse um Zabi. Ainda, quando matou Kycilia Zabi, ele falou que seria seu último presente para Garma, reuní-lo com sua irmã.

Char e Mineva
O outro, e mais significante é a relação entre Char e Mineva Lao Zabi, a filha única de Dozle Zabi e última integrante da Família Zabi. Mesmo com issso, e por toda a dor que a os Zabi causaram em Char, ele não teve nenhum mal sentimento por ela, e até brincavam juntos quando ela era criança. Se acredita que Char foi quem resgatou Mineva do controle de Haman Karn ao final do Gryps Conflict, o que demonstra que ele se preocupava com ela. Se essa foi uma demonstração de respeito por Garma ou por acreditar que as crianças não deveriam ser responsáveis pelas ações de seu pai, isso não se sabe, apesar de Char poder estar fingindo simpatia como em Gundam Unicorn, Mineva menciona que se Full Frontal fosse verdadeiramente Char, ele não deveria hesitar em matá-la, apesar de que ela poderia estar fingindo por estar ao lado de Frontal.

Haman Karn


Quando Haman era jovem, e descobriu seus poderes de new type no meio da guerra, ela ficou presa em Char para procurar apoio e conforto. Ela o observou e o admirou, e talvez por isso tenha se apaixonado tão facilmente. Char não fez esforço nenhum para mandá-la embora, nem quando ela apareceu em seu quarto em uma noite, chorando e vestindo apenas um roupão de banho. No entanto, ficou claro que ele não desenvolveu o mesmo nível de sentimentos por ela. O  relacionamento foi sempre unilateral e eles nunca namoraram. Char respeitava Haman e sentia que seu futuro era importante para os remanescentes de Zeon e Axis, e que ele deveria ser seu guardião, mesmo arriscando sua vida, mas ele sentia um pouco mais que isso.

Char começou a desconfiar de Haman, após ver que conforme o poder crescia, isso a mudava, e depois de experencia uma tragédia pessoas em Axis, mas Haman nunca esqueceu seus sentimentos por ele. Em Mobile Suit Zeta Gundam, e Double Zeta, isso aparece quando ela repetidamente tenta trazê-lo de volta a Zeon, e à ela. Neste momento, seus sentimentos por ele começaram a se confundir com raiva e isso fez com que ele confiasse menos ainda nela.

Natalie Bianchi


Char conheceu Natalie em Axis em U.C. 0081 na base Axis. Natalie era tenente e a melhor técnica em coputadores na Axis. A princípio, Char não demonstrou muito afeto por ela. Já Natalie sempre gostou de Char, porém seus sentimentos sempre ficaram reservados. Com a relação progredindo, Char começou a se tornar mais próximo e desenvolver sentimentos por ela, e ela também começou a desenvolver profundos sentimentos por ele e externalizando mais seu amor por Char, parte por o Capitão Enzo Bernini a deu a missão de seduzir Char e tentar persuadí-lo a lutar contra a Federação. mesmo Char tendo visto o momento em que o Captião Enzo a deu essa missão, ele não sentiu raiva e se apaixonou ainda mais por Natalie. Char realmente se importava com ela e disse que ela havia trazido paz à ele e que a queria a seu lado. Ela ficou grávido dele.

Natalie morreu antes de dar a luz, foi morta por Haman Karn. A morte de Natalie foi o que fez Char sair da Axis para a AEUG.

Nanai Miguel


Char conheceu Nanai em uma expedição à República de Zeon pela Axis em U.C. 0083. Ela era assistente no laboratório Newtype aonde Lalah Sune havia sido submetida a diversos testes, e fizeram esses mesmos testes na jovem Haman Karn para ver seu potencial. Nanai tinha apenas 16 anos quando demonstrou claramente respeito por Char e seu status como veterano.

Uma década despoi, Char e Nanai se reencontraram em um momento durante o primeiro conflito de Neo Zeon conflict. Os detalhes de como se encontraram é desconhecido, mas Char aceitou Nanai como um interesse amoroso, apesar de continuar incapaz de esquecer seu antigo amos por Lalah Sune. Nanai o amava passionalemente e o admirava de todo coração, enquanto que Char apenas retornava parcialemte seu afeto. Ele se importou com ela até certo nível, mas focou mais em seu objetivo em se vingar Lalah e machucar Amuro.

O Arquétipo Char (Clones de Char)

 Char e seus clones


Char Aznable é o responsável por um específico arquétipo definido nas séries Gundam. Dentro do papel que seguem, normalmente utilizam máscara e costumam ter os mesmos objetivos, gerando uma série de referências conhecidas como "Clones de Char". Essa frase se torna amb[igua pelo fato de existirem clones de Char, como Full Frontal e Afranche Char. Os personagens apresentam uma série de características similares, como o mesmo propósito, a rivalidade com o protagonista, ou um apoio significativo, muitas vezes utilizando máscara ou óculos escuros, pilotando mobile suits vermelhos e tendo algum plano extremista em mente - como por exemplo forçar as pessoas da Terra a migraren ai Espaço-. É comum estarem relacionados com uma líder feminina de alguma maneira. Às vezes o "clone" é o pai, o irmão, antigo amor, entre outras relações com a líder feminina. Um Clone de Char com frequência é um piloto às.
O termo "Clone de Char" não é recebido com muito animação, visto que sugere que existe um staff feito para criar um personagem original mas que simplesmente copiam Char. Deve-se notar que mesmo asism, diversos personagens acabam por ter seus próprios caminhos em suas respectivas séries, desenvolvendo seu próprio personagem e papéis, e que acabam por se distinguir de Char e seus demais clones.

Glemy Toto


Glemy Toto de Mobile Suit Gundam ZZ. Glemy tem um forte físico que relembra Char, incluindo a mesma cor de cabelos e olhos. Há diversas ações que ele faz em ZZ que são parecidas com as de Char: ele pilota um mobile suit vermelho (o Bawoo), lidera sua própria Neo Zeon, e ainda utiliza uma jovem garota newtype em seu benefício (Glemy usa Puru e Puru Two enquanto Char usa Quess Paraya). Glemy ainda se auto-proclama rival do protagonista Judau Ashta e ainda tem um interesse amoroso em  Roux Louka, apesar de ter sido por curto período e de maneira cômica.

Afranche Char


Clone com o DNA de Char Aznable que aparece em Gaia Gear; uma novel original de Yoshiyuki Tomino; nomeado Afranche Char.

Carozzo Ronah


Carozzo Ronah, é o antagonista de Gundam F91. Apesar das similaridades com Char, Carozzo é perceptívelmente baseada em Darth Vader de Star Wars; que inspirou Char até certo ponto; como suas partes cibernéticas que incluem reforço mecânico de força, uma máscara que cobre o rosto inteiro, e uma voz mecânica, alto e construído, e mantendo o papel de subordinado do "Imperador" de Cosmo Babylonia, Meitzer Ronah. E assim como Vader é pai de Luke Skywalker e Leia Organa, Carozzo é conhecido por ter dois filhos, um menino e uma menina, Dorel e Berah.

Anavel Gato


Anavel Gato de Mobile Suit Gundam 0083: Stardust Memory. Gato ganha o status de piloto às depois de ter ganho a alcunha de "Pesadelo de Solomon" por ter lutado sozinho contra uma Frota da Federação durante a Batalha de Solomon similar a como Char se tornou o "Cometa Vermelho" na Batalha de Loum. Ele também é o rival principal de Kou Uraki, e ambos são apaixonados por Nina Purpleton, similar a Char e Amuro em relação à Lalah Sune. Gato também participou da Operação Stardust, sentindo que os ideais de Zeon deveriam ser revividos para remover a corrupção da Federação Terrestre, o mesmo que Char sentiu com os humanos corruptos que nasciam na Terra em Char's Counterattack.

Chronicle Asher


Chronicle Asher, antagonista principal em Victory Gundam. Apesar de ele definitivamente ter funções com residente de Char na série, Chronicle notavelmente tem variações do usual: seus cabelos são ruivos, ao invés de loiros, sua máscara é feita de tecido ao invés de metal (similar ao véu de Kycilia Zabi), e ele a usa como parte de sua roupa de piloto ao invés de querer esconder sua verdadeira identidade. Ele também pilota mobile suits vermelhos, mas não aparenta ter o vermelhocomo sua cor favorita, e assim como Char ele tem uma conexão com o governo antagonista principal, e nesse caso é o irmão mais jovem da Rainha Pia Armonia (e tio de Shakti Kareen) do Império Zanscare. Sua personalidade é mais semelhante à de Jerid Messa em Zeta Gundam do que a de Char, e sua rivalidade com o protagonista Uso Ewin também parece mais com a rivalidade com Kamille Bidan.

Schwarz Bruder e Ulube Ishikawa


Schwarz Bruder e Ulube Ishikawa de G Gundam. Schwarz é o personagem mascarado que esconde sua identidade do protagonista por quase toda a série. Schwarz também atua como mentor do protagonista, assim como Char quando se disfarçava de Quattro Bajeena. No caso de Ulube, ele poderia ser considerado o vilão final da série e fez até uma placa frontal para esconder uma cicatriz.

Master Asia


Master Asia de G Gundam, talvez possa ser considerado um clone de Char, já que ele demonstra a mesma visão de Char em Char's Counterattack de que os humanos estão poluindo a Terra, e toma medidas extremas para resolver o problema. Ele é mentor tanto do protagonista quanto do rival, assim Char era em Zeta e Mobile Suit Gundam respectivamente. Como Char, Master Asia também tinha quatro alcunhas: Master Asia (nome dado por ele), O Invencível do Leste (epíteto), O Rei de Copas (antes de passar o título a Domon), e Shuji Kurosu (seu apelido em G Gundam: The 7th Fight).

Zechs Merquise


Zechs Merquise, o 'Conde do Trovão' de Gundam Wing cujo mobile suit Tallgeese é descrito como "três vezes mais rápido que o Aries". Sua vida e papel durante o curso da série está essencialmente recontando a vida de Char's life, incluindo o desejo de retaliação pela morte de seu pai e tendo uma irmã como líder na série, Relena Peacecraft. Zechs também imita as ações de Char, tentando criar um inverno nuclear jogando uma colonia na terra e lutando em nome dos espaçonoides. No entanto essas ações extremas não eram pelos espaçonoides, mas assim como Char, estavam motivadas pela filosofia do "Pacifismo Total", e tentam mostrar batalhas sem sentido para fazer com que a humanidade aceite melhor seu ideal. Durante o curso da sére, Zechs demonstra maior empatia por ser um guerreiro puro, ao invés de um mero soldado, demonstrando qualidades "cavalheirescas"  como quando desafia o protagonista a um duelo e o permite escapar quando percebe que não conseguiriam mais lutar um contra o outro.

Lancerow Dawell and Jamil Neate


Lancerow Dawell e Jamil Neate de After War Gundam X. Nos eventos da série, Lancerow pilotou o MAN-002 Febral, um  mobile armor com design similar ao do Zeong, e que poderia ser considerado "Char" e Jamil como "Amuro". A conexão de Jamil com Char seria os seus óculos, o passado misterioso e o status de mentor para o protagonista da série, assim como Char em Zeta Gundam.

Harry Ord


Harry Ord de ∀ Gundam. Harry utiliza óculos de sol, que, apesar de exêntricos, podriam ser uma referência à Quattro Bajeena em Zeta Gundam. Isso é bastante acentuado com o dourado MRC-F20 SUMO. Sua personalidade lembra muito a de Char, apenas sem agendas além de servir a Guarda Real da Rainha Diana.

Rau Le Creuset


Rau Le Creuset, é o vilão principal em Gundam SEED assim como o primeiro clone "direto" de Char em uma série Gundam desde Zechs Merquise. Possui várias semelhanças com Char, como os cabelos loiros, a máscara, pilotar mobile suits sem um suit normal (inicialmente) e habilidades "Newtype, Rau é indiscutivelmente o mais nefasto personagem que Char já foi. Enquanto Char procurava a preservação da humanidade no espaço; antes dos eventos de CCA; Rau apenas vive para destruir a raça humana inteira como vingança de sua criação. Nisso, Rau tem uma história diferente dos demais clones de Char, sendo um fanático ao invés de representar uma filosofia influente de uma família ou governo.

Athrun Zala


Athrun Zala em Gundam SEED é rival do protagonista Kira Yamato, e como a rivalidade de Char e Amuro, ela se intensificou após Kira matar alguém próximo a Athrun, Nicol Amalfi. No entanto os dois se reconciliaram e começaram uma amizado, diferente de Char e Amuro que permaneceram inimigos por toda a vida. Em Gundam SEED Destiny, Athrun tamporariamente toma o nome de “Alex Dino”, e utiliza um grande par de óculos de sol, fazendo referência à fase Quattro Bajeena de Char. Ainda em Destiny, Athrun se torna o mento do protagonista Shinn Asuka, se espelhando em Zeta, quando Char se torna o mentor de Kamille. Tanto em SEED quanto SEED Destiny, Athrun pilota em sua maioria mobile suits vermelhos. Seus mobile suits costumem ter armas ofensivas localizadas nas pernas, que permitem usar atques de chutes em alusão aos movimentos de Char.


Neo Roanoke


Neo Roanoke, o antagonista inicial em Gundam SEED Destiny, que ficou no lugar de Rau como mascarado envolto em mistério. Ele age de maneira semelhante a Char, como um excelente líder, porém manipulando os outros, e possui habilidades excepcionais como piloto. Depois de ser "resgatado" Neo, age como apoio de Kira e Athrun, como Char fez com Kamille e Amuro como Quattro Bajeena, a parte de cima da cicatriz de Neo lembra ligeiramente a de Char. Como Char, Neo também pilota um mobile suit dourado, o ORB-01 Akatsuki.

Rey Za Burrel


Rey Za Burrel de Gundam SEED Destiny. Rey age como mentor e friend do protagonista Shinn Asuka, que temsimilaridades com Kamille Bidan, se espelhando na relação entre Quattro e Kamille que acontecia em Zeta Gundam. A relação de Rey com Shinn também lembrava a de Char com Garma Zabi: ambos amigos na academia militar, que manipulavam seus amigos. Rey tamb´m é extremista como Char; querendo tirar o futuro das pessoas no fim do conflito, assim como ele, tantando fazer os humanos deixarem a Terra para seguir ao espaço. Rey também tem uma profunda aversão por Kira Yamato, que é similar a Amuro Ray, relembrando a rivalidade entre Char e Amuro. Como Rau, Rey é um clone genético de Al Da Flaga e ambos compartilham do mesmo dublador, Toshihiko Seki. Coincidentemente, Toshihiko Seki mais tarde faria a voz do verdadeiro Char Aznable de quem Édouard Mass tomaria a identidade em Mobile Suit Gundam: The Origin OVA.

Gilbert Durandal


Gilbert Durandal partilha de uma filosofia similar a de Char, relativo ao importante papel da genética com seu Plano Destiny, assim como o atentado de Char em jogar a Axis para forçar a humanidade a evoluir em Newtypes, pode-se dizer que Gilbert era legitimamente dedicado ao seu objetico, enquanto Char usou Axis meramente para seu verdadeiro objetivo de resolver a coisas com Amuro. Não é surpresa que ambos dividam o mesmo dublador japonês.

Hal Vizardt e Vladi Zarth


Hal Vizardt e Vladi Zarth de MS Saga (Gundam True Odyssey). Hal representa "Quattro Bajeena", já que ele era mentor e líder para os herois em suas missões, e ocasionalmente se unia a eles. Ele usa uma máscara e pilota o Gelgoog Commander Type e o Sazabi, ambos mobile suits pessoais de Char. Vladi representa o papel de Char em Char's Counterattack, já que toma o comando da "The Neo-Zarth Army" (uma parte de  Neo Zeon) depois que os outros vilões são derrotados e tenta resolver o problema causado por corrupções individuais. Vladi também é possivelmente o irmão mais velho dos outros herois, Tremmie Zarth, como a relação de Char com Sayla. Assim como Char, no início, sua identidade também foi escondida.

Ali Al-Saachez


Ali Al-Saachez de Gundam 00. Ali age como mentor de Setsuna F. Seiei por fazer ele acreditar falsamente que as ações da guerrilha significavam devoção a Deus, ensinando várias táticas de guerrilha desde que ele era pequeno. Também foi o segundo rival de Setsuna depois de Graham Aker, e pilotou um mobile suits vermelho similar ao de Char, como o Enact Custom (que foi pintado de vermelho), Gundam Throne Zwei e Arche Gundam. Em algumas batalhas contra os protagonistas, Al-Saachez imitaria o chute de Char contra seus oponentes.

Graham Aker


Graham Aker é rival do protagonista principal de Gundam 00, Setsuna F. Seiei, e na segunda temporada ele veste uma máscara como o principal às da facção A-Laws, com o nome de "Mr. Bushido". Isso é apresentado como uma paródia ao fenômeno "Clone Char", como os demais integrantes da A-Laws conscientes de sua verdadeira identidade, e "Mr. Bushido" é um apelido; que na verdade Graham detesta; mais do que um pseudonimo. Graham é obcecado por derrotar Setsuna, muito similar ao antagonismo de Char em relação a Amuro. Ainda na primeira temporada, Graham jura derrotar os Gundams com uma Bandeira assim como Char lutou com Amuro usando mobile suits mal equipados como o Zaku. A mais notável, ambos querem lutar com seus rivais em terrenos iguais; no caso de Graham, ele poupa Setsuna no último momento por mal funcionamento no 00. Char em similar propositadamente vazou informações do Psycoframe para que então Amuro não ficasse em desvantagem quando os dois viessem a lutar mais tarde.

Full Frontal


Full Frontal de Mobile Suit Gundam Unicorn. Um fanático devoto a Char que lidera Neo Zeon após o desaparecimento de Char. Ele é chamado de "segundo chamado de Char" e tem seu MS em vermelho. Full Frontal tem o mesmo dublador que Char Aznable e traços faciais aparentes. Mais tarde é revelado que se trata de um cyber-newtype, geneticamente alterado para se parecer com Char, e com as memórias dele implantadas via Psyco-frame, e como resultado é o primeiro clone canônico de Char.

Zeheart Galette


Zeheart Galette de Gundam AGE também combina com o critério dos clones de Char. Pilota um mobile suit vermelho (xvm-zgc Zeydra) que possui as mesmas especificações dos mobile suits de Char, com exceção do primeiro, o xvv-xcr Zedas R, que tem pintura misturada, ele também usa máscara, para suprimir sua abundante habilidade X-Rounder que previne causar o mesmo dano que fez em seu Zedas R em um teste de performance e foi apontado como o comandante por sua brilhante visão e plano. A amizade entre Zeheart e Asemu lembra muito a de Char e Garma's relationship, quando ele usa Asemu para completar sua missão mas ainda o vê como um bom amigo. Ele também dá pistas de ser um Char quando encontra o Gundam; procurando lutar, apesar de procurar as especificações de Asemu diversas vezes, como Graham fez com Setsuna em Gundam 00.

Tatsuya Yuuki


Tatsuya Yuuki de Gundam Build Fighters é o rival dos dois protagonistas principais, Reiji e Sei Iori. Seu estilo de batalha e seu mobile suit (MS-06R-AB Zaku Amazing) são similares ao de Char. Tatsuya usa a alcunha de Meijin Kawaguchi e um par de grandes óculos escuros, como Quattro Bajeena.

Captain Mask


Captain Mask de Gundam Reconguista in G é amigo do protagonista Bellri Zenam, mas eles acabam ficando em lados opostos no conflito entre Pirate Corp e Capital Army. Ele se torna obcecado em lutar contra o G-Self, que Bellri é o piloto. Ele também usa uma máscara e um dispositivo de realidade aumentada que melhora as suas habilidades como piloto.

Lady Kawaguchi


Lady Kawaguchi de Gundam Build Fighters Try é a sucessora de Tatsuya Yuuki como Kawaguchi, apesar da identidade dela jamais ter sido revelada. Ela também é a primeira mulher com referência a Char a aparecer numa série Gundam.

McGillis Fareed


McGillis Fareed de Mobile Suit Gundam IRON-BLOODED ORPHANS é um auditor da manutenção da paz da organização Gjallarhorn, ele vai se tornando cada vez mais insatisfeito com a crescente corrupção da organização, então ele se junta às forças Tekkadan sob o nome de "Montag" para reformar o grupo. Ele desenvolve uma rivalidade silenciosa com Mikazuki Augus, piloto do Gundam Barbatos, mas ainda disposto a trabalhar com a Tekkadan para alcançar seus objetivos, e mais tarde utiliza uma máscara dourada com uma longa peruca branca para facilitar lutar ao lado dos Tekkadan. Sua amizade com Gaelio Bauduin também se espelha à relação de Char e Garma, onde ele manipula Gaelio para alcançar seu objetivo e o manda para a morte, mesmo o tendo como um bom amigo. Ele também pilota um mobile suit vermelho construído para maior velocidade e mobilidade, similares aos de Char. Por último, ele se envolve em um relacionamento com Almiria Bauduin, similaraos relacionamentos de Char com mulheres mais jovens que ele.

Gaelio Bauduin


Gaelio Bauduin de Mobile Suit Gundam IRON-BLOODED ORPHANS é subordinado direto de Rustal Elion na organização de manutenção da paz Gjallarhorn. Ele usa uma máscara e o nome de Vidar após duelar com McGillis Fareed e jurar vingança contra ele, assim como fez Char com a família Zabi depois desta arruinar a família Zeon.

Significância Cultural


A cultura pop japonesa vê Char Aznable de maneira similar a como os ocidentais veen ícones da ficção científica como Darth Vader e Mr. Spock. Mesmo pessoas que nunca viram o anime pelo menos conhecem o nome dele. Char Aznable sempre aparece na maioria dos top 10 de personagens mais populares tanto em listas específicas sobre Gundam quanto para revistas especializadas em animes em geral no Japão, como a Gundam Ace e Animage, e normalmente ficando acima do personagem principal e rival, Amuro Ray. Em Gundam Ace, Char constantemente figura o top 3, além de tomar o #1 lugar durante muito tempo, e isso ainda lembrando que a Gundam Ace contabiliza os votos para o alter-ego de Char, Quattro Bajeena, em separado. O fato é que Quattro constantemente figura o top 10.

No popular boletim transmitido pelo 2channel, os fóruns Gundam são nomeados Char custom (シャア専用), e os anonimos são que sempre visitam tem seu nome como "3 vezes mais anonimos" (通常の名無しさんの3倍), como referência à fala "3 vezes mais rápido que um Zaku". Char Custom refere a si mesmo como o com tendência a maior customização de Mobile Suits iniciais para especificações exatas e fazendo dessas unidades muito mais potentes que o normal. Normalmente seus suits são pintados de vermelho, fazendo com que muitas pessoas nomeiem tudo que é vermelho como "Char-custom", e fazendo referências como "3 vezes mais potente".

Bandai capitalizou a popularidade de Char licenciando vários produtos. Criaram um Char-custom laptop, Char-custom Nintendo Gamecube, e um Char-custom capacete de moto. Todos esses produtos vinham com uma finalização em cetim vermelho e uma folha dourada, insignia de Zeon ou o emblema de Char na Neo Zeon colocados neles. Um Char-custom Game Boy Advance SP também foi criado no Japão. Em 25 e junho de 2006, a GE Consumer Finance lançou o Char Custom cartão de crédito, que recebia três vezes mais pontos bonus a cada 1000 yen gastos em comparação a outros cartões de crédito relacionados a Gundam. O lançamento de SD gundam G generation 3ds teve um pacote especial Char-custom 3ds que incluía um 3ds vermelho especial com a insígnia se zeon, sombra das três "formas" de Char e uma frase que falava "Na guerra, para mater a vantagem, você precisa pensar dois ou três movimentos na frente do inimigo. Char Aznable" junto com uma cópia do jogo e dois card de gundam age e do zaku do Char.

Se alguém olhar para a cultura popular japonesa, poderá ver o impacto que o Cometa Vermelho fez mesmo fora de Gundam. Por exemplo, outros personagens notáveis são Ken Masters da série Street Fighter e Zero da série de videogame Mega Man, ambos usam roupas vermelhas e são loiros e fazem o papel de um "segundo personagem principal" ou "rival" do protagonista. Outro exemplo poderia ser Seifer Almasy de Final Fantasy VIII. Apesar de não usar vermelho, Seifer lembra muito a Char como ele aparece em Char's Counterattack e tem uma cicatriz na testa, como símbolo da rivalidade contra o protagonista Squall Leonhart. De fato, o símbolo do "Rial Vermelho" se tornou um dos arquétipos mais usados na cultura pop japonesa. Sugestões da influência de Char podem ser encontradas em Armored Core, aonde, o piloto às Nine Ball é conhecido por usar vermelho, e por sua identidade de correspondência de gênero. Char é um verdadeiro personagem icônico para os japoneses.

"Captain Quattro, he is a CHAR"

Ainda, o personagem é bastante popular com os fãs americanos mais hardcore de Gundam. Foram inclusive eles que promoveram e zombaram os "clones" nas demais séries. Em particular, chamam os personagens similares de "A Char" (um Char). Isso vem de uma carta mal escrita em inglês que Hayato Kobayashi recebe de Kai Shiden no box original em inglês de Zeta Gundam, que inclui a frase "Captain Quattro, he is a CHAR_" (Capitão Quattro, ele é um Char).

Em um voo espacial planejado para 2006, Soyuz TMA-9, um investidor japonês chamado Daisuke Enomoto pediu para ir vestido de Char Aznable. No entanto, restrições médicas não o permitiram participar do voo.

Um episódio da série de anime School Rumble traz uma paródia de Gundam ao introduzir o personagem Harry McKenzie. Harry é muito parecido com Char, incluindo sua aparência, similar a de Quattro com seus óculos escuros, usa roupas vermelhas e dirige uma moto vermelha que tem um kanji escrito "Hyaku" (em referência ao MSN-00100 Hyaku Shiki). Harry é amigo de Tougou Masakazu, que lembra um Anavel Gato mais jovem e partilha do gosto por discursos entusiasmados.

A abertura da segunda temporada do anime Genshiken também é uma paródia, trazendo o personagem Harunobu Madarame vestido com o uniforme e o capacete de Char.

Char é derivado de duas pessoas reais: Seu gosto pessoal por vermelho e suas habilidades como piloto são referências a Manfred von Richthofen, o Barão Vermelho, enquanto que seu nome é derivado de um cantor francês popular chamado Charles Aznavour.
No mangá de Air Gear, o artista Oh! Great desenha diversas cabeças de mobile suit com capacetes de corrida, um certa ocasião aparece o capacete que Char utilizou durante a One Year War em um personagem secundário.

Char em Gintama

Durarnte o episódio 46 de Gintama, Umibouzu é visto conversando com Char e então liderando um comício de Zeon junto a ele.

Na adaptação em live-action do mangá popular shoujo Hana-Kimi, o personagem nomeado Sekime Kyōgo está vestido de Char para ajudar a garota que ele gosta. O cosplay foi um sucesso já que a garota era fã de Char e adorava o personagem.

No episódio do anime Urusei Yatsura, o personagem Perm, foi à uma festa a fantasia vestido de Char na one year war. Também havia um personagem com uma máscara azul de Zaku.

Em Code Geass, a máscara do alter ego de Lelouch, Zero, foi um dos personagens mais fáceis de desenvolver. Ichirō Ōkouchi queria uma máscara que fosse incluída na série, pois sentiu que uma máscara era necessária já que era uma animação da Sunrise. A Toyota também criou uma nova marca, chamada Zeonic Toyota planejando uma série de carros especiais, sendo o primeiro o de Char Aznable, um Auris especial.
←  Anterior Proxima  → Inicio

Seguidores

Total de visualizações